terça-feira 21 de setembro de 2021
Foto: Reprodução
Home / DESTAQUE / Republicanos desautoriza João Roma em falar sobre candidatura ao governo da Bahia
terça-feira 14 de setembro de 2021 às 14:45h

Republicanos desautoriza João Roma em falar sobre candidatura ao governo da Bahia

DESTAQUE, NOTÍCIAS, POLÍTICA


O Republicanos, partido de João Roma, desautorizou o ministro da Cidadania de falar em sua possível candidatura ao governo do estado em 2022.

Conforme o site Política ao Vivo, a decisão veio após alguns veículos divulgarem que aliados de João Roma estariam de olho no nome de José Ronaldo, um dos principais aliados de ACM Neto, para compor uma eventual chapa encabeçada pelo ministro, que tenta emplacar o nome como representante do Planalto na disputa pela sucessão de Rui Costa (PT).

Na nota, assinada pelo deputado federal Márcio Marinho, também muito próximo a ACM Neto, o partido diz que não discutiu ainda sobre nenhuma candidatura majoritária para 2022, e que esse assunto só deve ser aberto após a reforma eleitoral, ainda em discussão no Congresso. O partido também diz que respeita o nome de José Ronaldo, mas reitera que qualquer debate só acontecerá após uma reunião no mês de outubro entre as executivas estaduais e nacionais do Republicanos.

“O Republicanos Bahia vem em nota informar que não foi discutido ainda sobre candidaturas majoritárias no partido. O presidente da sigla no estado e deputado federal, Márcio Marinho, afirma que essa decisão só ocorrerá após a reforma política eleitoral, que tem prazo de definição no início de outubro, deste ano”, dizia parte da nota.

“Em relação a matéria veiculada no site Política Livre, intitulada “Grupo de Roma mantém olho em Zé Ronado para chapa do republicano ao governo”, Marinho classifica o democrata Zé Ronaldo como uma grande liderança política, e que o partido está aberto para apoiá-lo, como deputado estadual ou federal, mas a definição desse cenário será somente após a reunião no próximo mês com as executivas estadual e nacional, a qual será analisada com base na realidade de cada estado”, completou.

Com isso, conforme o Política Ao Vivo, João Roma, que já não é unanimidade entre os bolsonaristas, terá mais um obstáculo pela frente caso insista em manter a condição de candidato a governador antes de qualquer decisão do Republicanos, um dos partidos mais fiéis na base de seu ex-aliado e agora adversário político, ACM Neto.

Veja também

ONU: Integrantes do Itamaraty esperam discurso mais moderado de Bolsonaro

Integrantes do Itamaraty têm a expectativa de que o discurso do presidente Bolsonaro na abertura …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!