terça-feira 16 de julho de 2024
Foto: Matheus Messias/Reprodução/ofaroldiario
Home / DESTAQUE / Real Time Big Data: Gestão de Jerônimo atinge 59% de reprovação em Salvador
terça-feira 9 de julho de 2024 às 19:43h

Real Time Big Data: Gestão de Jerônimo atinge 59% de reprovação em Salvador

DESTAQUE, NOTÍCIAS


Para o deputado Capitão Alden, o resultado impactará as eleições municipais deste ano

O deputado federal Capitão Alden (PL) classificou como “previsíveis” os dados do novo levantamento da Real Time Big Data, divulgado nesta terça-feira (9), que apontam 59% de reprovação da gestão de Jerônimo Rodrigues (PT) em Salvador no mês de julho. Em março, a reprovação do petista era de 56%.

Para o parlamentar baiano, os números demonstram “como a população está enxergando a gestão do PT no governo estadual”. Ele afirmou que a série de indicadores ruins da gestão impactou diretamente no levantamento divulgado.

“Infelizmente, o povo baiano tem o pior governador do país. O PT realmente consegue se superar em colocar alguém pior que Rui Costa para acabar com a Bahia. O povo está acordando e começa a dar sinais em pesquisas como esta”, disse.

Alden afirmou ainda que o resultado impactará as eleições municipais deste ano, principalmente para os pré-candidatos de esquerda. “Não tenho dúvidas de que muitos pré-candidatos a prefeito e a vereador já estão preocupados com o fiasco nas urnas este ano, pois o PT será derrotado,” comentou o deputado.

Cartilha do PT

Foi dessa forma que Capitão Alden chamou a forma como Jerônimo Rodrigues tem copiado as medidas adotadas pela gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), especialmente as que impactam a população, como o aumento de impostos.

Para ele, o governo do Estado não entregou nada de concreto e, sempre que tem oportunidade, solicita empréstimos à Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o que ele vê como “uma piora na dívida pública”.

“A Bahia é a reprodução da tragédia que está sendo o Brasil. O PT e sua turma são contra penas duras para marginais, são a favor da ‘saidinha para presos’ e apoiam tudo que não presta”, concluiu.

Veja também

Alexandre de Moraes retira sigilo de áudio de “Abin paralela” de Bolsonaro; ouça

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta segunda-feira (15) a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!