segunda-feira 15 de agosto de 2022
Foto: Assessoria/PT
Home / NOTÍCIAS / PT da Bahia informa que policiais farão de forma voluntária a segurança de Lula no 2 de julho
quarta-feira 29 de junho de 2022 às 16:52h

PT da Bahia informa que policiais farão de forma voluntária a segurança de Lula no 2 de julho

NOTÍCIAS


Com a confirmação de que Lula estará nas comemorações do 2 de Julho em Salvador, a Coordenação Estadual do Setorial de Segurança Pública do PT Bahia anuncia que policiais civis, militares, federais, penais, rodoviários e peritos técnicos que atualmente integram o Setorial petista e policiais que são filiados a outros partidos de esquerda como o PSB, PSD, PV e REDE irão acompanhar a vinda do ex-presidente Lula à Bahia. O grupo será representado pelo presidente do Sindipol Bahia, José Mário; o presidente do Sinspeb, Reivon Pimentel e o Diretor Ramon Carvalhal; e os policiais Roberto José, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o presidente da Cobrapol, Adriano Bandeira, o diretor da Cobrapol, Ênio Santos, e de Jadilson Ferreira, do PV Bahia.

O Coordenador Estadual do Setorial de Segurança Pública do PT Bahia, Agrimaldo Souza, destaca que as ameaças feitas por bolsonaristas ao ex-presidente Lula passaram do mundo virtual ao “real”.

” Por isso, tivemos a necessidade de reforçar a segurança. Policiais de todas as Forças de Segurança, filiados e militantes do Partido dos Trabalhadores de todos os estados, que integram os Setoriais Estaduais de Segurança Pública do partido, foram chamados pela Coordenação Nacional do Setorial para que passassem a atuar como voluntários na segurança e proteção do ex-presidente Lula, nosso pré-candidato à presidência do Brasil”, explica.

Agrimaldo Souza salienta que, apesar da polêmica gerada pela declaração de Lula, quando o ex-presidente fez distinção entre “policial” e “gente” ao afirmar que “o presidente Jair Bolsonaro (PL) não gosta de gente, apenas de polícia”, os policiais que compõem o grupo defendem “valores da esquerda” e apoiam a pré-candidatura de Lula ao Palácio do Planalto. “Reagimos com perplexidade e surpresa! Somos militantes e exercemos nossa função complexa e árdua enquanto trabalhadores. Mas para nós militantes, profissionais da Segurança Pública, o mais importante foi o pedido de desculpas do Lula e o reconhecimento da necessidade de caminhar e ouvir o quê os trabalhadores da base têm a dizer, abrindo, desde então, espaço para o diálogo, que irá possibilitar a construção de uma Segurança Pública diferente da que existe hoje. A sociedade clama e merece uma Segurança Pública que proteja sem tirar vidas”, frisa o Coordenador Estadual do Setorial de Segurança Pública do PT Bahia.

Veja também

Político dos EUA alerta para possível colisão de aviões com OVNIs

Um OVNI pode em breve colidir com uma aeronave na Terra, alertou um político dos …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!