domingo 3 de julho de 2022
Foto: Divulgação
Home / Mundo / MUNDO / Promotor paraguaio que investigava crime organizado é assassinado durante lua de mel
quarta-feira 11 de maio de 2022 às 07:16h

Promotor paraguaio que investigava crime organizado é assassinado durante lua de mel

MUNDO, NOTÍCIAS


A lua de mel de Marcelo Pecci terminou de maneira inesperada e em tragédia. O promotor paraguaio especializado no combate ao crime organizado foi assassinado próximo a Cartagena, no litoral da Colômbia, nesta última terça-feira (10). As informações são do jornal O Globo.

Pecci foi atacada na Isla de Barú, onde estava em lua de mel, segundo a imprensa paraguaia. Dias antes, ele foi selecionado para investigar as redes de narcotráfico no Paraguai. De acordo com publicação, o promotor foi atacado por homens em jet skis quando estava na praia. Um segurança também foi alvo dos tiros, mas passa bem, segundo o Decameron Hotel.

O general Jose Luís Vargas afirmou que uma comissão de oficiais paraguaios está a caminho da Colômbia para investigar o caso junto de autoridades americanas. “Foi tomada uma decisão urgente e rápida de enviar cinco funcionários da equipe de homicídios”, declarou.

Marcelo Pecci casou-se no último dia 30 de abril com a jornalista Claudia Aguilera. A cerimônia aconteceu na Colômbia, em Cartagena. Ainda não há informações sobre o estado de saúde da esposa do promotor.

O presidente paraguaio Mario Abdo Benítez usou uma rede social para mostrar indignação com o caso. “Toda a nação paraguaia lamenta o covarde assassinato do promotor Marcelo Pecci na Colômbia. Condenamos este trágico acontecimento com a maior veemência e redobramos nosso compromisso de lutar contra o crime organizado”, escreveu.

Veja também

Kassab se equilibra na disputa Lula-Bolsonaro para ampliar bancada do PSD

Conforme Pedro Venceslau e Gustavo Queiroz, do Estadão, após ensaiar uma aliança com o ex-presidente …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!