segunda-feira 27 de junho de 2022
Dois dos mais tradicionais fabricos de licor da Cachoeira são interditados — Foto: Arquivo Pessoal
Home / NOTÍCIAS / PF interdita locais de fabricação de licor em Cachoeira
quarta-feira 22 de junho de 2022 às 07:31h

PF interdita locais de fabricação de licor em Cachoeira

NOTÍCIAS, RECÔNCAVO BAIANO


A Polícia Federal interditou nesta última terça-feira (21), dois tradicionais fabricos de licor do município de Cachoeira, no Recôncavo da Bahia. De acordo com a prefeita Eliana Gonzaga, a interdição do ‘Arraiá do Quiabo’ e ‘Licores do Roque Pinto’ ocorreu por das 12h.

A Prefeitura afirma ainda que a decisão causa forte impacto no município, já que só o fabrico ‘Roque Pinto’ tem cerca de 60 empregados. A gestora também pontua que está atuando em conjunto com a Associação dos Licores para tentar reverter a situação na semana do São João, quando a venda do produto aumenta.

O presidente da Associação dos Licores, Roseval Pinto, que também é gestor do licor ‘Roque Pinto’, técnicos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) constataram irregularidas no fabrico, durante uma visita no dia 11 de maio. Nas visitas, os técnicos multaram o local e indicaram as adequações necessárias. Foram feitas as seguintes exigências: mudanças no espaço físico dos estabelecimentos; contrato de um químico responsável, ou engenheiro de produção ou engenheiro químico; registro junto ao Mapa de cada um dos produtos que os estabelecimentos fabricam; um documento com a planta do local e informações sobre tudo que tem no fabrico. Roseval Pinto ainda lamentou a ação.

Veja também

Secretaria de Saúde da Bahia contabiliza 53 atendimentos a vítimas de queimaduras no São João

Um total de 53 pessoas foram atendidas nos Hospitais Geral do Estado (HGE), Regional de …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!