segunda-feira 23 de maio de 2022
Foto: Maurício Lima/AFP
Home / DESTAQUE / Parte do PT repudia aliança e vê Alckmin como “novo Temer”
domingo 19 de dezembro de 2021 às 10:04h

Parte do PT repudia aliança e vê Alckmin como “novo Temer”

DESTAQUE, NOTÍCIAS, POLÍTICA


Lula e Geraldo Alckmin têm encontro previsto para este domingo (19), em São Paulo, num jantar promovido por advogados.

A torcida pela chapa Lula-Alckmin é grande no Partido dos Trabalhadores. No mundo ideal de parte da cúpula petista, ajudaria o trânsito de Lula “ao centro conservador” e ampliaria as chances de vitória no primeiro turno — algo sem precedentes no histórico do PT. São Paulo vota em Alckmin e Nordeste vota em Lula.

Mas segundo a coluna de José Casado, na revista Veja, não existe consenso. Uma fração dos dirigentes do partido de , por enquanto minoritária, resiste a toda a qualquer possibilidade de união com “forças da direita”, onde incluem o Partido Socialista Brasileiro (PSB).

O grupo Diálogo e Ação Petista, por exemplo, produziu um manifesto no qual descreve “o famigerado ex-governador Alckmin (SP)” como “candidato a ser um novo [Michel] Temer” na vice-presidência. Para eles, Temer e o MDB, assim como o PSB, e outros partidos “burgueses” conspiraram e executaram um golpe contra Dilma Rousseff, em 2016.

Em uma recente reunião do PT, quando a discussão resvalou para o veto a Alckmin, um aliado de Lula propôs, ironicamente, uma chapa com Dilma na vice-presidência. A conversa foi encerrada e todos seguiram para os botequins vizinhos.

Veja também

“Se ACM Neto ganhar no primeiro turno, ele apoia quem para presidente?”

Apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL), o vereador de Salvador e pré-candidato a deputado federal …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!