quinta-feira 30 de junho de 2022
Dois policiais atingiram o atirador, mas também ficaram feridos no ataque - Foto: Reuters
Home / Mundo / MUNDO / O que se sabe sobre ataque que matou 14 crianças e professora em escola dos EUA
terça-feira 24 de maio de 2022 às 19:40h

O que se sabe sobre ataque que matou 14 crianças e professora em escola dos EUA

MUNDO, NOTÍCIAS


Quinze pessoas morreram em um ataque em uma escola primária no Texas, Estados Unidos, segundo informações divulgadas pelo governador do Estado, Greg Abbott. O atirador, de 18 anos, matou 14 estudantes e um professor na Robb Elementary School, na cidade de Uvalde.

O governador disse de acordo com o canal BBC News, que o suspeito estava armado com um revólver e possivelmente um fuzil no ataque.

O governador Abbott diz que o suspeito está morto. Possivelmente ele foi alvejado pelos policiais.

“Dois policiais responderam ao ataque e foram atingidos por balas, mas não sofreram ferimentos graves”, disse Abbott.

O atirador também pode ter matado sua própria avó no início do tiroteio, de acordo com a mídia local americana. O atirador é um estudante do ensino médio local, de acordo com a CBS, parceira da BBC nos EUA.

Um porta-voz da polícia em Uvalde disse que o agressor “agiu sozinho neste este crime hediondo”.

O Distrito Escolar Independente Consolidado de Uvalde – cerca de 135 quilômetros a oeste da cidade de San Antonio – afirmou à BBC que os alunos foram evacuados da escola. Pouco menos de 500 estudantes estão matriculados no colégio.

A população foi orientada a ficar longe do local enquanto a polícia investiga a cena do crime.

Uma mulher de 66 anos foi atendida em um hospital em San Antonio e estava em estado crítico, segundo as autoridades locais.

Os hospitais da região divulgaram que os alunos foram atendidos por seus serviços de emergência.

Estudantes foram evacuados para um centro comunitário local
Estudantes foram retirados para um centro comunitário local – Foto: Reuters

O Uvalde Memorial Hospital postou no Facebook que 13 crianças foram levadas ao hospital “por meio de ambulâncias ou ônibus”. Duas pessoas morreram ao chegar ao hospital.

O prefeito de Uvalde, Don McLaughlin, disse à rede de televisão ABC News em uma mensagem de texto que “esta é uma situação muito ruim”.

O FBI está ajudando na investigação, de acordo com a CBS.

O último dia de aulas para os alunos do distrito escolar estava marcado para quinta-feira. Os alunos da escola secundária local em Uvalde, uma comunidade de cerca de 16 mil habitantes, iriam se formar na sexta-feira.

O ataque na terça-feira aconteceu em meio a um aumento da violência armada nos Estados Unidos. Mas tiroteios em escolas primárias, onde os alunos têm idades entre cinco e 11 anos, ainda são relativamente raros.

Ataques em escolas se tornaram recorrentes nos EUA, com 26 casos registrados no ano passado, de acordo com a EdWeek, uma publicação especializada em educação.

Exercícios de proteção contra atiradores são uma parte comum do currículo escolar no país, do o ensino fundamental até o médio.

O tiroteio de 2012 na Sandy Hook Elementary School em Connecticut chocou os americanos. Vinte das 26 vítimas desse ataque, realizado por um jovem de 20 anos, tinham entre cinco e seis anos.

Um relatório de 2020 do Government Accountability Office dos EUA apontou que dois terços de todos os tiroteios em escolas americanas acontecem no ensino médio e que os tiroteios nas escolas primárias são mais acidentais.

Veja também

Editais disponibilizam recursos para projetos Reconecte, Família na Escola e Famílias Fortes

Publicação no Diário Oficial da União (DOU) prevê os editais 02/2022 e 03/2022 do Ministério da Mulher, da Família …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!