terça-feira 30 de novembro de 2021
Foto: Beto Barata/Agência Senado
Home / DESTAQUE / Novo Código Eleitoral diz que suplente só assume vaga de deputado do mesmo sexo
quinta-feira 2 de setembro de 2021 às 15:45h

Novo Código Eleitoral diz que suplente só assume vaga de deputado do mesmo sexo

DESTAQUE, NOTÍCIAS, POLÍTICA


O novo texto do Código Eleitoral determina conforme o portal Metrópoles, que um suplente só poderá assumir uma vaga na Câmara se for do mesmo sexo do deputado ou da deputada que está deixando o mandato. Questionado por partidos no STF, o projeto deve ser votado na Câmara nesta quinta-feira (2).

A autora do parecer, deputada Margarete Coelho, do PP do Piauí, estabeleceu que os suplentes terão de ser do mesmo sexo do parlamentar que está se afastando do Parlamento. Ou seja: um deputado que está deixando o mandato só pode ser substituído por outro homem, mesmo se a candidata não eleita mais votada, a primeira suplente, for uma mulher.

Isso valeria para a eleição proporcional, aplicada a todas as esferas do Legislativo: deputados federais, estaduais e distritais, além de vereadores.

Atualmente, os suplentes para a Câmara são os deputados mais votados entre os não eleitos de um partido. Assim, se uma sigla consegue apenas uma cadeira na Casa, o segundo mais votado é o primeiro suplente, e assume o mandato em caso de afastamento.

O novo Código Eleitoral também tem sido criticado por esvaziar a Lei da Ficha Limpa e por tramitar com poucos debates na Câmara.

Veja também

Nova ponte passa por grande teste; entenda os motivos

A nova ponte do Guaíba, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, ficará totalmente interditada …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!