terça-feira 28 de setembro de 2021
Foto: Assessoria
Home / NOTÍCIAS / “Ninguém vai entrar no PDT pra sentar na janela”, diz Félix Jr.
quarta-feira 4 de agosto de 2021 às 07:37h

“Ninguém vai entrar no PDT pra sentar na janela”, diz Félix Jr.

NOTÍCIAS, POLÍTICA


O deputado federal e presidente do PDT na Bahia, Félix Mendonça Júnior, usou uma rede social  nesta última terça-feira (3) para afastar a possibilidade de filiação do ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM).

Conforme o jornal Tribuna, o partido tem sido apontado como eventual vice na chapa do ex-prefeito ACM Neto (DEM) ao Governo da Bahia em 2022, já que o herdeiro carlista vem conversando intensamente com o presidenciável Ciro Gomes (PDT) – que precisará de um palanque e um cabo eleitoral local.

Ele classificou como “impossível de ocorrer”. “Nunca houve nenhuma conversa sobre uma filiação do ex-prefeito José Ronaldo ao PDT, como especulado hj na imprensa. Aliás, isso seria impossível de ocorrer. Ninguém vai entrar no PDT pra sentar na janela. Além disso, somos um partido independente e não fechamos apoio para 2022″, escreveu o pedetista no Twitter.

José Ronaldo é apontado como candidato a uma vaga no Senado Federal na chapa de Neto. O ex-gestor ainda não se pronunciou sobre as declarações de Félix. Em abril, contudo, ele admitiu a possibilidade. ”Há uma possibilidade de concorrer, mas não há nada definido. Não desejo disputar as eleições para deputado federal ou estadual. Vou analisar se farei parte da chapa majoritária”, disse Zé Ronaldo, em uma coletiva de imprensa. “Para a vaga de governador, já está definido que é o ex-prefeito ACM Neto e concordo com o posicionamento porque ele está bem avaliado. É um candidato muito bom para o nosso grupo político. Sobre a vaga de vice-governador, é uma hipótese. Não é nada definido. Pode ser que concorra ao Senado, pode acontecer como vice-governador”, acrescentou.

Veja também

Esqueleto achado na Itália indica uma das torturas mais cruéis da História

Um esqueleto descoberto perto da Catedral de Milão (Itália) é um exemplo raro de um dos …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!