sábado 21 de maio de 2022
Foto: Divulgação
Home / NOTÍCIAS / Município baiano é obrigado a cumprir sentença e afastar não concursados
terça-feira 8 de janeiro de 2019 às 09:17h

Município baiano é obrigado a cumprir sentença e afastar não concursados

NOTÍCIAS


Após uma longa batalha judicial, a Prefeitura de Ilhéus foi obrigada a cumprir a sentença proferida pelo juiz Alex Venicius, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Ilhéus, assinada em 31 de outubro do ano passado, que determina a exoneração dos servidores admitidos sem concurso público, entre 5 de outubro de 1983 e 5 de outubro de 1988, e dos funcionários contratados por meio de seleção simplificada. O decreto de exoneração foi publicado no Diário Oficial do Município, nesta segunda-feira (7).

A sentença é resultado de uma ação popular movida por Karoline Vital Góes, Arnaldo Souza dos Santos Júnior e Rosana Nascimento Almeida, candidatos aprovados no concurso público realizado em 2016 pela gestão anterior. O Município pediu efeito suspensivo, tanto ao juiz Alex Venicius, que negou por três vezes, quanto ao presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), que não concedeu a liminar e mandou ouvir a opinião do Ministério Público-Procuradoria da Justiça.

Por fim, o prefeito Mário Alexandre adotou várias medidas de contenção de despesas, a exemplo da exoneração de comissionados, revisão do pagamento de horas extras e alteração da estrutura administrativa, cujo projeto será enviado para apreciação da Câmara Municipal.

Veja também

PIX não aposentará a Caixa dos brasileiros

Qual é o banco que concede 70% do crédito para habitação popular no Brasil? E …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!