domingo 28 de novembro de 2021
Home / DESTAQUE / MPF quer que TCU apure multas do Cade na Lava Jato
domingo 6 de setembro de 2020 às 06:12h

MPF quer que TCU apure multas do Cade na Lava Jato

DESTAQUE, JUSTIÇA, NOTÍCIAS


O Ministério Público Federal junto ao TCU afirmou que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) tem aplicado multas muito baixas a empreiteiras da Lava Jato e outras empresas investigadas por cartel, considerando a vantagem financeira obtida pelas companhias em esquemas criminosos.

Segundo a coluna de Guilherme Amado, a conclusão consta de uma representação sigilosa do MPF, que pediu que o tribunal analise a legalidade dos valores das multas e determine eventuais correções.

Entre as empresas multadas pelo Cade recentemente, e citadas como exemplo no documento, estão Odebrecht, OAS, Andrade Gutierrez e Carioca Engenharia.

O pedido, assinado pelo procurador Júlio Marcelo de Oliveira em abril, está sob a alçada do ministro Augusto Sherman.

“Não só por sua relevância financeira, social e moral, que dizem com os princípios da eficiência e da moralidade, mas também em razão do respeito à legalidade, a questão controvertida deve merecer o olhar atento também do TCU”, escreveu o procurador, que também defendeu que o TCU peça manifestações do Cade, MPF, AGU e ministérios da Justiça e Economia.

Procurado, o Cade afirmou que possui “a prerrogativa de estabelecer penalidades adequadas e proporcionais para a efetivação da política de combate a condutas lesivas à concorrência”, e que não foi notificado da representação.

O conselho disse ainda que aplicou R$ 1,7 bilhão em multas nos últimos cinco anos. A definição de multas é baseada em jurisprudência e um documento Guia de Dosimetria de Multas de Cartel, seguiu o órgão.

Veja também

TRE-BA investe na infraestrutura tecnológica das zonas eleitorais

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) realizou pregão para aquisição de computadores, notebooks e …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!