domingo 16 de janeiro de 2022
O presidenciável Sergio Moro usa chapéu de couro durante passagem por Recife (PE) Imagem: Reprodução/Redes Sociais
Home / DESTAQUE / Moro repete Bolsonaro e Lula e usa chapéu de couro em visita ao Nordeste
segunda-feira 6 de dezembro de 2021 às 11:49h

Moro repete Bolsonaro e Lula e usa chapéu de couro em visita ao Nordeste

DESTAQUE, NOTÍCIAS, POLÍTICA


O presidenciável Sergio Moro (Podemos) usou um chapéu de couro nordestino em sua visita a Recife, em Pernambuco, para o lançamento do seu livro de memórias chamado “Contra o sistema da corrupção” (288 páginas, Editora Sextante).

Conforme Eduardo Militão, do UOL, o uso do item da cultura nordestina por Moro repete os gestos já realizados pelo ex-presidente Lula (PT), o atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (PL) e o também presidenciável João Doria (PSDB).

Ao lado de apoiadores e sem usar máscara de proteção contra a covid-19, Moro tirou fotos que circularam na internet e foram alvos de críticas em razão da repetição do gesto por parte de políticos.

Sergio Moro se colocou na corrida eleitoral ao se filiar ao Podemos em novembro deste ano. Desde então, o ex-juiz tem concedido entrevistas, participado de eventos e se encontrado com lideranças políticas com a intenção de viabilizar sua candidatura.

Na Lava Jato, ex-juiz condenou Lula

Entre 2014 e 2018, Moro foi juiz que julgou os principais casos de corrupção da Operação Lava Jato, na 13ª Vara Federal de Curitiba. Ele condenou Lula por corrupção e lavagem de dinheiro. A sentença, confirmada pelo Tribunal Regional Eleitoral da 4ª Região, tornou o petista “ficha suja”.

Com isso, Lula não pôde disputar as eleições de 2018. Jair Bolsonaro (então no PSL) venceu Fernando Haddad (PT) no segundo turno, em outubro de 2018. E Sérgio Moro deixou a magistratura para ser ministro da Justiça de Bolsonaro.

Em 2020, o rompimento do ex-juiz e do presidente Bolsonaro trouxe sequelas judiciais. A Procuradoria-Geral da República investiga se Bolsonaro cometeu crimes como corrupção passiva no episódio de buscar trocar policiais. O inquérito, que também está a cargo da Polícia Federal, corre no Supremo Tribunal Federal.

Veja também

Um economista progressista debate com os neoliberais

Aqui está uma entrevista com Guilherme Santos Mello. É formado pela PUC-SP, ,cientista social pela …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um dos maiores formadores de líderes empresariais do mundo nasceu no Brasil

error: Content is protected !!