domingo 28 de novembro de 2021
Foto: Reprodução
Home / JUSTIÇA / Ministro Bruno Dantas diz estranhar ‘renúncia’ coletiva na Lava Jato
domingo 6 de setembro de 2020 às 09:35h

Ministro Bruno Dantas diz estranhar ‘renúncia’ coletiva na Lava Jato

JUSTIÇA, NOTÍCIAS


Causou espanto nos meios jurídicos a “renúncia” de procuradores da força-tarefa da Lava Jato em São Paulo, alegando divergências com uma nova chefe. “Quando estudei Direito na faculdade, muitos anos atrás, aprendi que um juiz ou um promotor só se livravam de um caso quando concluíam o serviço ou quando se declaravam suspeitos ou impedidos”, observa Bruno Dantas, ministro do Tribunal de Contas da União (TCU).

Dono de admirado saber jurídico e crítico dos excessos de procuradores, Bruno Dantas vê ocorrerem fatos estranhos no ministério público, conforme a coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

“Não existiam figuras jurídicas como ‘renunciar’ ou ‘demitir-se’ entre magistrados ou procuradores”, observou o ministro do TCU.

“Mas isso era na época que esses personagens eram servidores que tinham deveres funcionais. Pelo visto, a coisa mudou”, ironiza Dantas.

Veja também

Leão nega acordo com ACM Neto para eleições 2022

“É fake news”. O vice-governador João Leão, secretário do Planejamento e presidente do Progressistas na …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!