domingo 28 de novembro de 2021
Home / JUSTIÇA / Ministério Público da Bahia pede que prefeita exonere parentes de autoridades locais
sexta-feira 2 de agosto de 2019 às 14:06h

Ministério Público da Bahia pede que prefeita exonere parentes de autoridades locais

JUSTIÇA


Justiça deu prazo de 15 dias para que a gestão demita todos que tenham parentesco com autoridades

A Promotoria de Justiça de Ituberá, no Baixo Sul baiano, recomendou à prefeita da cidade, Iramar Braga de Souza Costa, que exonere no prazo de 15 dias todos os funcionários da gestão que tenham parentesco com autoridades. O caso vale para parentes da prefeita, do vice-prefeito, como também de secretários, chefe de gabinete, procurador-geral, vereadores e servidores de chefia.

A recomendação, feita pela promotora Lívia Sampaio Pereira, foi publicada no Diário da Justiça nesta sexta-feira (2). A medida ocorre após abertura de inquérito para apurar supostos atos de nepotismo [contratação de parentes] que beneficiavam pessoas ligadas ao secretário municipal de administração André Jorge da Silva Brito.

No mesmo documento, o Ministério Público do Estado (MP-BA) pede que a prefeita também não nomeie ninguém com parentesco com os cargos citados. Em caso de desobediência ao prazo, o MP pode acionar a prefeitura na Justiça.

Veja também

Norma Cavalcanti realiza reunião presencial com equipe de gestão do MP-BA

A procuradora-geral de Justiça Norma Cavalcanti realizou na última quinta-feira (25) uma reunião presencial com …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!