quarta-feira 24 de julho de 2024
O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante cerimônia no Palácio do Planalto - Foto: Adriano Machado - 30.ago.23/Reuters/Arquivo
Home / DESTAQUE / Lula almoça com Pacheco no Planalto para discutir desoneração
quarta-feira 10 de julho de 2024 às 13:05h

Lula almoça com Pacheco no Planalto para discutir desoneração

DESTAQUE, NOTÍCIAS, POLÍTICA


O presidente Lula da Silva (PT) convidou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), para um almoço nesta quarta-feira (10), no Palácio do Planalto, em Brasília. A informação foi publicada por Igor Gadelha, do Metrópoles.

O almoço conta com a presença do líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT), e terá como principal cardápio como bancar a desoneração da folha de pagamento.

Mais cedo, a coluna noticiou que a equipe econômica propôs a Pacheco compensar a perda da arrecadação com a desoneração aumentando um tributo sobre o lucro das empresas.

A proposta do time do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, seria aumentar em um ponto percentual as alíquotas da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL).

Atualmente, a CSLL tem três alíquotas setoriais: 9% para empresas de indústria, comércio e prestação de serviços; 16% para instituições financeiras; e 21% para bancos.

A proposta foi apresentada a Pacheco na semana passada pelo secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Dário Durigan. O ministro Alexandre Padilha e Jaques Wagner também participaram.

Na conversa, os representantes do governo deixaram claro que a proposta tem aval do presidente Lula e seria uma fonte perene para bancar a desoneração.

Pacheco, no entanto, não recebeu bem a proposta. A interlocutores, ele avaliou que qualquer ideia que preveja aumento de tributos enfrentará resistência no Congresso.

Veja também

Deputado federal reclama de construção de ponte na região da Chapada; veja vídeo

O deputado federal pela Bahia, João Leão (PP), compartilhou um vídeo em uma balsa no …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!