quarta-feira 18 de maio de 2022
Foto: Divulgação
Home / NOTÍCIAS / Licitação da ponte Salvador-Itaparica é adiada, diz jornal
domingo 15 de setembro de 2019 às 06:23h

Licitação da ponte Salvador-Itaparica é adiada, diz jornal

NOTÍCIAS


O processo licitatório para delegação por meio de Parceria Público-Privada (PPP), na modalidade de concessão patrocinada, das obras e dos serviços necessários à construção, operação e manutenção, do Sistema Rodoviário Ponte Salvador – Ilha de Itaparica, que estava previsto para ocorrer nesta segunda-feira (16) foi adiado e deverá acontecer até esta próxima sexta-feira (20).

O primeiro anúncio do dia da licitação foi feito pelo governador Rui Costa (PT) segunda-feira (9) passada, durante o Fórum Exame 2019, que reuniu governadores e discutiu caminhos para recuperar o foco no desenvolvimento.

“Se tudo der certo, nós estaremos publicando a licitação de um grande investimento de parceria público privada, que é a ponte Salvador-Itaparica, um investimento de R$ 6 bilhões. A data está marcada para dia 16 de setembro, a gente publica e em novembro, na bolsa de valores de São Paulo, vamos abrir o leilão. Tem quatro grandes consócios internacionais participando”, detalhou o governador, na ocasião.

A ponte terá 12,4 km de extensão, saindo do bairro do Comércio (Cidade Baixa), em Salvador, até a região de Gameleira, na Ilha (Vera Cruz).

Adiamento

A noticia do adiamento foi publicada pelo jornal Tribuna da Bahia, e segundo o jornal foi passada em conversa com a Assessoria de Comunicação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), onde o projeto está sendo tocado. A explicação é de que “o comitê, que está formatando o edital, está atualizando o conteúdo. O documento vai sair até o final da próxima semana e os detalhes do mesmo só poderão ser divulgados após o lançamento”.

Além da construção da ponte, a concessão contempla um conjunto de obras rodoviárias tais como a construção do trecho entre a cabeceira da ponte na ilha e o entroncamento com a BA 001; requalificação da rodovia BA 001, no trecho urbanizado de Mar Grande, que passará a ter caráter de avenida urbana de velocidade média; a construção do desvio de Mar Grande; e, ainda, a duplicação da BA 001, em trecho não urbanizado em Vera Cruz, entre a Ponte do Funil e o desvio de Mar Grande.

As obras da Ponte Salvador-Itaparica fazem parte do projeto do Sistema Viário Oeste (SVO), cuja construção será possível graças à parceria público-privada (PPP), orçada em R$ 5,34 bilhões, com aporte de R$ 1,51 bilhão do Estado. O SVO beneficiará 10 milhões de pessoas, que vivem em cerca de 250 municípios baianos.

Leilão

O leilão – conforme o governador Rui Costa antecipou – será realizado, em novembro deste ano, na Bolsa de Valores de São Paulo. Existem quatro grandes consórcios internacionais participando, dentre eles, a empresa chinesa Sichuan Road and Bridge Group (SRBG).

Com a construção da ponte e demais intervenções viárias do projeto, a Ilha de Itaparica, o sul do Recôncavo e o território do Baixo Sul terão o crescimento socioeconômico estimulado. O plano de desenvolvimento da região prevê o estímulo a nove setores: educação, saúde, segurança pública, logística, indústria naval, turismo, agricultura, comércio e construção civil. Em 30 anos, a expectativa do Governo do Estado é que o crescimento dessas atividades crie 100 mil novos postos de trabalho.

Aproximação

A expectativa do Governo do Estado é de que, quando a ponte estiver pronta, a cara da Bahia vai mudar, fazendo com que 250 municípios da Bahia fiquem mais perto de Salvador 100 km. Com as obras da ponte o orçamento do Sistema Viário Oeste (SVO) duplicará e passará dos R$ 15 bilhões.

O projeto é parte de um plano de desenvolvimento regional, cujo eixo é a implantação de um novo corredor logístico que beneficiará, diretamente, 4,4 milhões de pessoas na Região Metropolitana de Salvador, no Recôncavo Baiano e no Baixo Sul, e cerca de 10 milhões de pessoas em 250 municípios baianos.

O Sistema Viário Oeste (SVO) será construído através de Parceria Público Privada (PPP), que conta com o apoio financeiro do Governo do Estado, através de aporte e contraprestações. Até o momento, não há previsão de recursos federais para execução do projeto. Todo projeto está orçado em cerca de R$ 7,6 bilhões.A Ponte Salvador-Ilha de Itaparica será a segunda maior da América Latina e ocupará a 23ª posição no ranking mundial.

Veja também

Líder do Governo na AL-BA dialoga com comunidade LGBTQUIA+

“É lamentável, mas necessário, que no século XXI a gente tenha que construir uma lei …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!