segunda-feira 15 de julho de 2024
Manoel Carlos (foto) tem Lewandowski como seu mentor intelectual no Direito - Foto: Reprodução/Arquivo pessoal
Home / JUSTIÇA / Lewandowski escolhe ex-secretário-geral do STF como número 2 do Ministério da Justiça
quarta-feira 17 de janeiro de 2024 às 15:37h

Lewandowski escolhe ex-secretário-geral do STF como número 2 do Ministério da Justiça

JUSTIÇA, NOTÍCIAS


Ricardo Lewandowski comunicou nos últimos dias ao governo Lula a indicação do advogado e professor Manoel Carlos de Almeida Neto, ex-secretário-geral do TSE e do STF, para o cargo de secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública — hoje ocupado por Ricardo Cappelli.

Junto com a escolha de Ana Maria Alvarenga Mamede Neves para a chefia de gabinete, Lewandowski retoma a estrutura de gestão que comandou quando foi presidente da corte eleitoral e do Supremo.

Manoel Carlos é diretor jurídico da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) há oito anos. O Radar apurou que ele já teria avisado ao diretor-presidente da empresa, Benjamin Steinbruch, que aceitaria o convite para o MJSP. O clima foi de despedida.

Antes de tomar posse no ministério, Lewandowski concluirá a desvinculação de todas as atividades que assumiu na iniciativa privada. Em que pesem as escolhas de antigos conhecidos para os dois cargos-chave, a ideia é dar continuidade ao trabalho de Flávio Dino.

Veja também

Em pronunciamento, Biden afirma que diferenças devem ser resolvidas nas urnas

Em raro pronunciamento no Salão Oval, da Casa Branca, presidente americano condena violência política e …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!