quarta-feira 18 de maio de 2022
Foto: Ascom/TRF-4
Home / DESTAQUE / Justiça manda soltar filho de Edison Lobão preso em operação da Lava Jato
sábado 14 de setembro de 2019 às 13:04h

Justiça manda soltar filho de Edison Lobão preso em operação da Lava Jato

DESTAQUE, NOTÍCIAS


Desembargador Gebran Neto assinou despacho, diz TRF-4

Ao julgar um recurso da defesa do executivo Márcio Lobão, filho do ministro de Minas e Energia no governo Lula, Edison Lobão, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) concedeu o habeas corpus. O despacho foi assinado nesta última sexta-feira (13) pelo desembargador João Pedro Gebran Neto, relator dos processos da Operação Lava Jato na Corte.

Na decisão, o magistrado declarou que não vê “como imputar ao paciente posição central na engrenagem criminosa” que foi relatada. “Ao que parece, Márcio Lobão operacionalizava e efetuava o branqueamento das propinas destinadas ao seu pai, Edison Lobão. Muito embora tudo indique que tenha realizado operações espúrias, não há elementos – neste momento – que indiquem uma participação mais intensa e com ingerência no seio de alguma organização criminosa”, argumentou ao justificar a substituição da prisão preventiva por outras medidas cautelares.

Com esse entendimento, Gebran Neto decretou a soltura de Márcio e fixou o valor da fiança em R$ 5 milhões. Além disso, o executivo está proibido de fazer contato com os demais investigados da operação, será obrigado a comparecer ao interrogatório judicial e terá que entregar seus passaportes, ficando impedido de deixar o país.

Márcio Lobão teve sua prisão preventiva decretada na última terça (10), no âmbito da 65ª fase da Operação Lava Jato. Ele é investigado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, sob suspeita de ter coletado R$ 50 milhões em propina em meio aos contratos da Transpetro e da construção da usina hidrelétrica de Belo Monte.

Veja também

Líder do Governo na AL-BA dialoga com comunidade LGBTQUIA+

“É lamentável, mas necessário, que no século XXI a gente tenha que construir uma lei …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!