quinta-feira 9 de dezembro de 2021
Home / JUSTIÇA / Justiça dos EUA quer condenação de cinco anos a ex-presidente da Braskem
domingo 26 de setembro de 2021 às 17:03h

Justiça dos EUA quer condenação de cinco anos a ex-presidente da Braskem

JUSTIÇA, MUNDO, NOTÍCIAS


Departamento de Justiça dos EUA (DOJ) pediu à Justiça de Nova York uma condenação de cinco anos conforme a coluna de Lauro Jardim, para José Carlos Grubisich, ex-presidente da Rhodia, Eldorado e Braskem.

Grubisich, preso nos EUA desde 2019 (hoje está em domiciliar), é acusado de participar de um esquema de lavagem de dinheiro, falsificação de documentos e pagamento de propinas entre 2002 e 2014, numa investigação que remete aos seus anos na Odebrecht (controladora da Braskem). O julgamento do executivo está marcado para o dia 12 de outubro.

Segundo o DOJ, “essa sentença de 60 meses é suficiente, mas não maior que necessário para se atingir os objetivos da sentença”. O azar de Grubisich é ter sido preso nos EUA. Aqui, a turma flagrada na Lava-Jato está a cada dia mais livre, leve e solta.

Veja também

TSE explica as funções da Corregedoria-Geral da Justiça Eleitoral

Órgão criado com o Código Eleitoral de 1965 (Lei nº 4.737) na esfera do Tribunal …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!