quinta-feira 18 de julho de 2024
Imagem: Divulgação
Home / CONCURSOS / Governo divulga edital de Concurso Unificado; veja como se inscrever
quarta-feira 10 de janeiro de 2024 às 11:37h

Governo divulga edital de Concurso Unificado; veja como se inscrever

CONCURSOS, NOTÍCIAS


Nesta quarta-feira, 10, o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) vai divulgar os editais do Concurso Público Nacional Unificado (CPNU). Os documentos trarão informações sobre os blocos temáticos, conteúdo das provas, critérios de classificação e desclassificação, validade do certame e composição das notas finais.

Segundo nota do MGI, além de prever uma inscrição única, que valerá para selecionar os candidatos para mais de um órgão, o CPNU tem outras inovações, como a participação ativa dos órgãos de controle desde o lançamento do certame.

“Outra novidade é a realização simultânea em mais de 200 cidades, ampliando a igualdade de oportunidades de acesso aos cargos públicos efetivos.”

De acordo com o mestre em Direito e especialista em cursos preparatórios para concursos Ceres Rabelo, o objetivo é proporcionar igualdade de oportunidades de acesso aos cargos públicos efetivos.

“A prova será aplicada em 220 cidades, visando facilitar a participação de um maior número de candidatos. A expectativa é de que cerca de 2 milhões de pessoas se inscrevam. O concurso seguirá o modelo do Enem, com uma prova objetiva com conteúdo comum a todos os concorrentes, seguida por provas dissertativas com conteúdos específicos para cada bloco temático. A remuneração dos cargos pode chegar a R$ 30 mil mensais”, explica.

Inscrições

As inscrições no Concurso Público Nacional Unificado vão de 19 de janeiro a 9 de fevereiro. A realização da prova será no dia 5 de maio em dois turnos, manhã e tarde. Serão selecionados, de uma só vez, 6.640 servidores, para 21 órgãos públicos federais. Para se inscrever, o candidato deve acessar sua conta no aplicativo Gov.br.

Veja também

Justiça absolve Sérgio Cabral em ação sobre à saúde pública

A 9ª Vara de Fazenda Pública do Rio de Janeiro absolveu numa ação de improbidade …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!