sábado 13 de julho de 2024
Foto: Carlos Amilton/Agência ALBA
Home / DESTAQUE / Governo da Bahia derruba sessão após protestos de servidores na AL-BA
quarta-feira 22 de maio de 2024 às 06:09h

Governo da Bahia derruba sessão após protestos de servidores na AL-BA

DESTAQUE, NOTÍCIAS, POLÍTICA


O pequeno expediente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), desta última terça-feira (21), foi marcado pela presença de servidores públicos estaduais, contrários à votação do PL de reajuste salarial de 4%. Seguidas manifestações das categorias, presentes nas galerias Paulo Jackson, interromperam pronunciamentos dos parlamentares, recebendo seguidas advertências do presidente da Casa, deputado Adolfo Menezes. No plenário, após embate entre o líder do governo, deputado Rosemberg Pinto (PT), e o deputado Hilton Coelho (Psol), o clima escalou e o petista anunciou o adiamento da apreciação dos projetos para a próxima terça-feira (28), colocando-se à disposição para discutir com os representantes sindicais.

Hilton Coelho (Psol) definiu o aumento, proposto pelo Executivo aos funcionários públicos, como “migalha”, e defendeu a reabertura de negociação com um reajuste inicial de 10%. Ratificou a cobrança para que o governo mande, definitivamente, o projeto que versa sobre a categoria dos defensores públicos, cujo dia foi comemorado no domingo (19).

Zé Raimundo Fontes (PT) ratificou a importância da recente viagem do governador Jerônimo Rodrigues para a Europa, revelando relato do chefe do Executivo sobre a tarefa de prospectar para a Bahia alternativas que poderão ampliar cooperações e investimentos, principalmente na área de transição energética pautada em modelos sustentáveis.

Manuel Rocha (UB) registrou agenda do final de semana, nos municípios de Jussiape, Livramento de Nossa Senhora, Riacho de Santana e Dom Basílio, para prestar contas do seu mandato e colher demandas de sua base. Acrescentou que participou de entregas de tratores e patrulhas mecanizadas para fortalecer a agricultura familiar e o agronegócio.

Rosemberg Pinto (PT) destacou a prioridade das políticas públicas dos governos petistas na Bahia, desde o governador Jaques Wagner, para Agricultura Familiar, primeiro instituindo uma superintendência e, mais tarde, com a criação da Secretaria estadual de Desenvolvimento Rural, da qual o atual governador Jerônimo Rodrigues foi secretário.

Jordavio Ramos (PSDB) cobrou do Governo da Bahia a conclusão da obra de duplicação da BA-210, no município de Juazeiro, com a devida iluminação. Segundo o tucano, a rodovia aparece sempre nos noticiários de acidentes, alguns com vítimas fatais, infelizmente, causados pela falta de iluminação da via.

Leandro de Jesus (PL) questionou as viagens do governador Jerônimo Rodrigues para fora do país, afirmando que o gestor “sempre volta de mãos vazias”. O liberal declarou que a proposta de aumento salarial do Poder Executivo humilha os servidores, e mostrou-se preocupado com a violência na capital envolvendo facções criminosas.

Veja também

Jabes Ribeiro abre o jogo sobre futuro na disputa pela prefeitura de Ilhéus

Rumores sobre a possível retirada da pré-candidatura de Jabes Ribeiro (PP) para prefeitura de Ilhéus …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!