segunda-feira 23 de maio de 2022
Fotos: Alline Meira
Home / NOTÍCIAS / Fórum regional debate políticas de educação com municípios do Sul da Bahia
domingo 15 de setembro de 2019 às 07:23h

Fórum regional debate políticas de educação com municípios do Sul da Bahia

NOTÍCIAS, SUL DA BAHIA


O II Fórum Regional de Educação reuniu dirigentes municipais, gestores escolares, coordenadores pedagógicos, professores, técnicos, assessores em educação e do Conselho Municipal de Educação

Profissionais ligados a educação nos municípios estiveram reunidos na última semana na Uesc, para debater sobre a implantação da Base Nacional Comum Curricular – BNCC e a construção do Referencial Curricular no II Fórum Regional de Educação do Sul da Bahia. O resultado esperado é que os municípios possam estruturar toda sua política educacional de forma a garantir uma educação de qualidade para todos os estudantes e cumprir o prazo legal até marco de 2020 para estarem com os seus currículos implementados.

Presidente da Amurc, Aurelino Cunha FOTO ALLINE MEIRA.jpg
Presidente da Associação dos Municípios da Região Cacaueira (Amurc), Aurelino Cunha

O Fórum é uma realização da Câmara Técnica de Educação (CTE) do Consórcio Litoral Sul (CDS-LS), em parceria com o Fórum Regional de Educação (Forsec), a Associação dos Municípios da Região Cacaueira (Amurc), a Uesc, 30 municípios da região, Instituto Arapyaú, Rede de Colaboração Intermunicipal de Educação, Instituto Anísio Teixeira (IAT) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

De acordo com a coordenadora da Câmara Técnica de Educação, Cláudia Corrêa, a realização do fórum atendeu demandas dos próprios gestores regionais, porque a principal temática do momento é a implantação do BNCC. “O 1º impacto que queremos despertar nos profissionais de educação é o compromisso, e que os professores se apropriem e tenha conhecimento do que significa a importância da BNCC, porque através do conhecimento e da apropriação da mesma é que eles vão compreender e colocar na prática”.

O presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Williams Panfile Brandão destacou que nos últimos dois anos está fazendo o itinerário em todos os territórios de identidade, desde a elaboração do currículo referencial Bahia, até o momento de formação. “O Estado está para estartar uma ação de formação de professores, gestores e coordenadores para essa implementação em agosto de 2020. E a Undime tem trazido o diálogo para as redes no sentido de implementação desses currículos”.

O presidente da Associação dos Municípios da Região Cacaueira (Amurc), Aurelino Cunha destacou a preocupação da Associação, que em parceria com a Uesc, vem promovendo o encontros desses municípios, através do Forsec, para melhorar ainda mais a educação na região. “O nosso objetivo é poder contribuir para a melhoria da educação em nossa região”.

Já o secretário executivo do Consórcio Litoral Sul, Luciano Veiga destacou a Câmara Técnica CDS-LS está vinculada a Rede Nacional de Colaboração, que foi possível a partir de uma parceria firmada com os institutos Natura e Arapyaú. “A educação precisa ser motivada, com o envolvimento dos pares, que são fundamentais para um melhor desempenho da educação regional”.

O evento ainda contou a presença do vice-reitor da Uesc, Elias Beltrão, o Pró-reitor de Extensão da Uesc, Alessandro Santana, a diretora do Núcleo Regional de Educação – NR5, Josefina Castro, a presidente do Forsec, Andréa Moraes, a diretora do Departamento de Educação da Uesc, Alba Lúcia, a representante da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação, Gilvânia Nascimento, a articuladora Conviva na Bahia e Assessora Institucional da Undime Bahia, Zuma Castro e a professora Cláudia Cristina, que é redatora e coordenadora estadual do Pro BNCC.

Encaminhamentos

No segundo momento do Fórum, foram realizadas 9 oficinas temáticas, sobre avaliação de professor, de aprendizagem e institucional, para estimular “os municípios se debruçarem sobre o estudo da BNCC, o estudo do currículo Bahia, e, a partir disso, iniciar a reelaboração do seu currículo municipal, a reelaboração dos projetos político-pedagógicos”, destacou o articulador local da Estratégia de Educação do Instituto Arapyaú, Manoel Santos.

O compromisso do Fórum, em conjunto com a CTE e o Forsec, é de poder continuar apoiando esses municípios nas discussões, com encontros intermediários ao longo do ano para debater essas questões e fazer encaminhamentos.

Veja também

“Se ACM Neto ganhar no primeiro turno, ele apoia quem para presidente?”

Apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL), o vereador de Salvador e pré-candidato a deputado federal …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!