terça-feira 16 de julho de 2024
Foto: Reprodução
Home / NOTÍCIAS / Fávaro: Plano Safra 2024/25 será recorde e será anunciado dia 1º de Julho
terça-feira 18 de junho de 2024 às 21:35h

Fávaro: Plano Safra 2024/25 será recorde e será anunciado dia 1º de Julho

NOTÍCIAS


O ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, voltou a afirmar que o Plano Safra 2024/25, que começa em 1º de julho, terá volume recorde de recursos para crédito rural. “Tenho certeza de que o Plano Safra será maior e melhor”, disse Fávaro a jornalistas, após participar de uma reunião com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, e parlamentares da bancada do agronegócio. Fávaro disse que saiu “otimista” da reunião na Fazenda e que as equipes já falaram em valores e números para a política de crédito oficial.

O ministro classificou a reunião como “importante para colher as sugestões da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) junto à Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e à Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) para números e propostas do Plano Safra. “Foi uma reunião bastante resolutiva. Tenho certeza de que sairá um Plano Safra ainda melhor e maior que o anterior, que foi recorde e que vai atender cada vez mais a necessidade dos produtores”, acrescentou Fávaro. A ampliação dos recursos para subvenção ao seguro rural e para comercialização também foram tratados na reunião, relatou Fávaro.

O Plano Safra 2024/25 para médios e grandes produtores deve ser anunciado na próxima quarta-feira (26) em Rondonópolis, Mato Grosso. “Provavelmente será em Rondonópolis. O presidente (Lula) me pediu para fazer o anúncio da agricultura empresarial no Centro-Oeste e sugerimos Rondonópolis porque já há outras demandas que serão anunciadas e dá capilaridade”, apontou. A data do anúncio ainda está sendo fechada conforme a agenda presidencial, segundo Fávaro.

O pedido do Ministério da Agricultura é por R$ 452,3 bilhões para financiamentos para médios e grandes produtores na safra 2024/25, 24% mais ante os R$ 364,2 bilhões ofertados para custeio, investimento e comercialização da agricultura empresarial na safra passada.

Veja também

Alexandre de Moraes retira sigilo de áudio de “Abin paralela” de Bolsonaro; ouça

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta segunda-feira (15) a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!