quarta-feira 24 de julho de 2024
Foto: VannerCasaes/AgênciaALBA
Home / NOTÍCIAS / Executivo pretende implantar Programa Agente Jovem Ambiental na Bahia
terça-feira 18 de junho de 2024 às 10:57h

Executivo pretende implantar Programa Agente Jovem Ambiental na Bahia

NOTÍCIAS, POLÍTICA


O governador Jerônimo Rodrigues encaminhou, para apreciação em regime de urgência na Casa Legislativa, o projeto de lei que institui o Programa Agente Jovem Ambiental (AJA), na Bahia, a ser executado conjuntamente pela Secretaria do Meio Ambiente (Sema), pela Secretaria da Educação (SEC) e pela Secretaria de Relações Institucionais (Serin).

A finalidade do AJA, de acordo com o documento, é promover a inclusão e participação social de jovens em ações de educação ambiental, “capacitando-os para serem agentes de mudança em suas comunidades e reiterando o compromisso do Governo do Estado com a formação de cidadãos ambientalmente conscientes e responsáveis”.

Entre os objetivos específicos do AJA, o PL coloca o estímulo à compreensão acerca das realidades socioambientais locais e sobre o potencial de intervenções de forma individual e coletiva; o incentivo à participação de jovens em projetos socioambientais em suas comunidades e nas instituições de ensino, com vistas a contribuir na formação e fortalecimento de espaços educadores sustentáveis; a participação do segmento em colegiados ambientais e educacionais com vista ao fortalecimento da participação e controle social.

Também prevê a condução de processos formativos dos jovens para o desenvolvimento de valores sociais, conhecimentos, habilidades, atitudes e competências, visando a atuação na promoção de sociedades sustentáveis; incentivar a formação bilíngue das juventudes para ampliar seu protagonismo na promoção da sustentabilidade e da justiça ambiental por meio do desenvolvimento de projetos socioambientais em colaboração com parceiros internacionais, aumentando a empregabilidade e as oportunidades de geração de renda.

Seleção

Para participar do Programa, o jovem deverá estar na faixa etária de 15 a 29 anos, estar cadastrado ou integrar família cadastrada no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e matriculado na Rede Pública Estadual de Ensino, vinculado à Educação Básica ou Educação Profissional. O PL prevê a concessão de auxílio financeiro mensal ao Agente Jovem Ambiental, para viabilizar o desempenho de suas funções no valor de R$315,00.

O programa em questão produzirá um acréscimo de despesa para o exercício de 2024 no valor estimado de R$63 mil e para os exercícios de 2025 e 2026 o acréscimo de despesa estimado será de R$1.827.000,00, cada ano. As despesas decorrentes da execução do Programa proposto correrão por conta de receitas do Fundo de Recursos para o Meio Ambiente e do Fundo Estadual de Recursos Hídricos da Bahia sem o prejuízo de outras fontes, públicas ou privadas.

Para a execução e o aprimoramento das ações do AJA, o Poder Executivo poderá celebrar parcerias com entidades privadas ou públicas, de quaisquer esferas de governo, inclusive para fins de cofinanciamento.

Veja também

Mesmo sob Lula, PT enfrenta dificuldades para emplacar candidatos em capitais do Nordeste

Mesmo com a popularidade de Lula mais alta no Nordeste do que no resto do …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!