quinta-feira 9 de dezembro de 2021
Foto: Divulgação
Home / JUSTIÇA / Ex-prefeito de Barra do Choça é punido por irregularidades em contratações
quinta-feira 29 de abril de 2021 às 16:10h

Ex-prefeito de Barra do Choça é punido por irregularidades em contratações

JUSTIÇA, NOTÍCIAS


O ex-prefeito de Barra do Choça, Adiodato José de Araújo, foi multado em R$5 mil pelo Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia. Os conselheiros do TCM constataram a prática de irregularidades em processos licitatórios para a terceirização de mão de obra, através da contratação de cooperativas de trabalho. Neste tipo de contrato foram gastos, apenas no exercício de 2019, um total de R$15.915.983,17. A decisão foi proferida na sessão desta quinta-feira (29), realizada por meio eletrônico.

O conselheiro José Alfredo Rocha Dias, relator do processo, reiterou a determinação no sentido da realização de uma auditoria nos contratos celebrados entre o município de Barra do Choça e as cooperativas de trabalho.

De acordo com o relatório do termo de ocorrência julgado na sessão, dois processos licitatórios resultaram na contratação de 830 profissionais, ampliando o quadro funcional do município para 981 servidores, entre efetivos e comissionados. Essas contratações elevam para 84,61% o percentual de servidores da prefeitura contratados através de convênios com cooperativas de trabalho, o que o conselheiro relator considerou um número incompatível com os limites da razoabilidade.

Em seu voto, o relator destacou que, de fato, a soma total paga pelo município para a terceirização de mão de obra, através das contratações de cooperativas de trabalho, chama atenção pela sua desproporcionalidade em relação as demais despesas, em especial quando comparada com os valores pagos aos servidores efetivos e comissionados. Cabe recurso da decisão.

Veja também

TSE explica as funções da Corregedoria-Geral da Justiça Eleitoral

Órgão criado com o Código Eleitoral de 1965 (Lei nº 4.737) na esfera do Tribunal …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!