terça-feira 19 de outubro de 2021
Foto: Reprodução
Home / JUSTIÇA / Ex-diretor da OAS confirma que Léo Pinheiro mentiu em delação sobre Lula na Lava Jato
segunda-feira 20 de setembro de 2021 às 08:41h

Ex-diretor da OAS confirma que Léo Pinheiro mentiu em delação sobre Lula na Lava Jato

JUSTIÇA, NOTÍCIAS


Apontado como testemunha por Léo Pinheiro na delação em que o ex-presidente da OAS acusou Lula de corrupção e tráfico de influência internacional, Augusto Cesar Uzeda, ex-diretor da empreiteira, desmentiu o executivo em esclarecimentos por escrito apresentados pela defesa do petista.

Segundo informações de Bela Megale, na edição desta segunda-feira (20) do jornal O Globo, Uzeda negou por escrito, em documento com 17 tópicos, que não presenciou nenhum pedido de Lula sobre suposta vantagem para sugerir o aumento de participação do Brasil no Banco Centro Americano de Integração Econômica (BCIE) durante um evento da OAS realizado em 2011 na Costa Rica.

Segundo Uzeda, toda agenda que esteve com Lula foi em “local público com centenas de pessoas”.

“Não tenho conhecimento de qualquer vantagem indevida solicitada pelas pessoas mencionadas neste inquérito, tampouco de qualquer ato das autoridades locais que pudesse ter beneficiado ilegalmente a Construtora”, afirmou.

Na delação à Lava Jato, Pinheiro narrou uma suposta reunião na suíte onde Lula estava hospedado que contou com a presença dele e de Uzeda.

No encontro, segundo o ex-presidente da OAS, foi negociado suposta vantagens ao ex-presidente em troca de narrou uma suposta reunião na suíte onde Lula estava hospedado e que contou com a presença.

No entanto, em carta de próprio punho apresentado pela defesa de Lula, Pinheiro negou a própria delação à força-tarefa.

“A empresa OAS não obteve nenhuma vantagem, pois inclusive não foi beneficiada por empréstimos do BCIE – Banco Centro Americano de Integração Econômica. Não sabendo informar se houve efetividade da solicitação do Presidente do BCIE, senhor Nick Rischbieth junto ao senhor Ex. Presidente Lula e demais autoridades citadas”, escreveu Pinheiro, desmentindo a acusação contra o ex-presidente.

Uzeda teria declarado no documento, que também fez parte da defesa que absolveu Lula no caso, que a OAS teve prejuízos no país, já que as obras da Concessionária San José – San Ramón, em que empreiteira atuava na Costa Rica, foi descontinuada.

Veja também

‘Serão tomadas todas as providências’, diz Aras sobre relatório da CPI da Covid

O procurador-geral da República, Augusto Aras, afirmou neste último domingo (17), em entrevista ao Canal …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!