quinta-feira 18 de agosto de 2022
O porta-aviões Kitty Hawk quando estava em operação pela Marinha dos Estados Unidos (Crédito: Divulgação)
Home / Mundo / MUNDO / EUA chama manobras militares chinesas de irresponsáveis após visita de Pelosi a Taiwan
quinta-feira 4 de agosto de 2022 às 07:19h

EUA chama manobras militares chinesas de irresponsáveis após visita de Pelosi a Taiwan

MUNDO, NOTÍCIAS


O conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, Jake Sullivan, classificou, nesta quinta-feira (4) conforme a AFP, como irresponsáveis as manobras militares realizadas pela China em resposta à visita da presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, a Taiwan, e alertou sobre o perigo da situação sair do controle.

“Acho que o que a China está fazendo aqui não é responsável”, disse Sullivan, em entrevista à Rádio Pública Nacional.

Pequim realizou exercícios militares em torno de Taiwan nesta quarta-feira em resposta à visita de Pelosi à ilha independente e democrática que a China considera parte de seu território.

“Sempre que um militar participa de uma série de atividades que incluem a possibilidade de testes de mísseis, exercícios de tiro real, ou aviões de combate que cruzam o céu e navios que se movem nos mares, a possibilidade de (que aconteça) algum tipo de incidente é real”, afirmou Sullivan, que pediu a Pequim para diminuir as tensões no Estreito de Taiwan.

“O que esperamos é que a RPC (República Popular da China) aja com responsabilidade e evite o tipo de escalada que pode levar a um erro de cálculo no ar ou nos mares”, acrescentou o funcionário.

Pelosi, a segunda na linha de sucessão presidencial, viajou a Taiwan na terça-feira, desafiando as ameaças de Pequim, que vê a visita como uma grande provocação.

A China reagiu furiosamente, anunciando exercícios militares “necessários e justos” nas águas da costa de Taiwan, algumas das vias navegáveis mais movimentadas do mundo.

Após a partida de Pelosi, o ministro da Defesa de Taiwan anunciou que 27 caças chineses entraram na zona de defesa aérea da ilha.

Nos últimos dois anos, Pequim aumentou o número de incursões militares na zona de defesa de Taiwan – um espaço maior que o espaço aéreo da ilha -, mas continua sendo uma ocorrência relativamente rara.

Veja também

Prazo para solicitar voto em trânsito termina nesta quinta (18); saiba como fazer

O eleitor que estará fora do domicílio eleitoral no dia da votação tem até esta …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!