sexta-feira 19 de julho de 2024
Foto: Reprodução You Tube/Canal Incrível
Home / JUSTIÇA / Estados Unidos: uma potência mundial, mas, que ninguém quer morar no centro do país. Você sabe o porquê?
terça-feira 7 de maio de 2024 às 17:38h

Estados Unidos: uma potência mundial, mas, que ninguém quer morar no centro do país. Você sabe o porquê?

JUSTIÇA, NOTÍCIAS


Descubra porque a maior parte da população dos Estados Unidos vive nas costas leste e oeste, deixando vastas áreas do país praticamente vazias

A Índia se tornou o país mais populoso do mundo em 2023, conforme dados da Organização das Nações Unidas. Mas qual é a posição dos Estados Unidos da América nessa classificação? Os EUA são o quarto maior país em termos de tamanho, ocupando cerca de 6% da massa terrestre do planeta. Com tanto espaço pra morar nos Estados Unidos, seria de se esperar que os 335 milhões de habitantes do país estivessem mais distribuídos, certo? Bem, não é bem assim que a população dos Estados Unidos se comporta, conforme dados da página Incrível, no youtube.

A população dos Estados Unidos é, na verdade, distribuída de forma bastante desigual. Traçando uma linha imaginária bem no meio do país, de norte a sul, percebemos que 80% dos americanos vivem a leste dessa linha. Isso significa que apenas um em cada cinco norte-americanos reside a oeste dela. Grandes áreas metropolitanas como Los Angeles, San Diego e São Francisco concentram a maioria da população, sendo uma região visada para morar nos Estados Unidos, enquanto vastas regiões no centro do país ficam praticamente vazias.

Qual a origem da desigualdade da população dos Estados Unidos?

A população dos Estados Unidos é distribuída de forma desigual, com 80% vivendo a leste de uma linha imaginária traçada no meio do país. O meio-oeste dos EUA, conhecido como o cinturão subpovoado, abrange uma área equivalente a duas vezes o tamanho da Califórnia e representa apenas 1% da população total do país, sendo uma região pouco visada para morar nos Estados Unidos.

Foto: Wikivoyage

As montanhas rochosas a leste dessa região desempenham um papel vital no clima, criando um clima árido e dificultando a agricultura. O clima extremo, com verões quentes e invernos frios, juntamente com mudanças abruptas na temperatura, torna a região para se morar nos Estados Unidos menos atraente para se viver. A maioria da população dos Estados Unidos prefere viver em zonas de clima temperado, evitando regiões muito frias ou muito quentes.

As áreas populosas dos Estados Unidos

Enquanto isso, áreas costeiras como a Califórnia, apesar de também terem um clima seco, conseguiram superar esses desafios para morar nos Estados Unidos com uma vasta rede de canais de irrigação e aquedutos. Isso permitiu que cerca de 40 milhões de pessoas se estabelecessem na Califórnia, tornando-a o estado mais populoso dos EUA.

Logo, a distribuição desigual da população dos Estados Unidos é resultado de uma combinação de fatores históricos, geográficos e climáticos. Enquanto as grandes cidades nas costas leste e oeste prosperam, vastas áreas no centro do país permanecem subpovoadas, oferecendo um vislumbre fascinante da complexa interação entre humanos e seu ambiente natural e uma incerteza para morar nos estados Unidos nessas regiões.

Veja também

Histórico de navegação de atirador gera nova teoria sobre atentado a Trump

O agressor que tentou assassinar o ex-presidente americano Donald Trump durante um comício eleitoral na …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!