domingo 19 de setembro de 2021
Foto: Reprodução / A Região
Home / NOTÍCIAS / Em Itabuna, trabalhadores cobram definição sobre transferência da Nestlé
terça-feira 18 de fevereiro de 2020 às 15:53h

Em Itabuna, trabalhadores cobram definição sobre transferência da Nestlé

NOTÍCIAS, SUL DA BAHIA


O Sindicato que se reuniu ano passado com a Comitiva da empresa para discutir fechamento da fábrica da Nestlé em Itabuna ouviu que a companhia não recuará da decisão; agora o SindAlimentação quer garantir manutenção de empregos na transferência para Feira de Santana e definição sobre o Parque Industrial.

Até meados de 2020 a direção pretende encerrar as operações da Nestlé em Itabuna mas até agora os funcionários não sabem detalhes do processo. Os trabalhadores cobram responsabilidades do Governo do Estado e da prefeitura, por omissão e falta de informação quanto ao plano de desativação.

Os representantes dos trabalhadores voltaram a cobrar também sobre participação nas conversas com os eventuais interessados em adquirir o Parque Industrial. Segundo Eldon Almeida, diretor do sindicato, as demissões continuam e o clima é de apreensão quanto a permanência dos empregos. “Nós queremos uma posição que nos traga alguma tranquilidade. A prefeitura e o Estado nunca se mostraram interessados em estar junto com os trabalhadores para tentar resolver esse problema, muito menos tentar trazer algum investimento. A gente não consegue mais falar com ninguém. ” afirmou.

“Essa planta [parque industrial] tem estrutura e tecnologia para um grande volume de produção. A Bahia Gás inclusive instalou gás natural. A nossa luta é para que as negociações deem certo e que a fábrica seja vendida com porta fechada, ou seja com a manutenção de todos os trabalhadores”, disse o presidente do SindAlimentação, Carlos Sodré.

Crescimento nas vendas

A Nestlé faturou 3,6 bilhões de francos suíços nas vendas acumuladas de janeiro a setembro de 2019 em relação a igual período do ano anterior. O desempenho foi impulsionado especialmente pelos mercados brasileiro e americano.

As operações no Brasil reportaram avanço em torno de 5%, com destaque para os produtos das linhas de laticínios, de nutrição infantil e os chocolates KitKat.

Veja também

Mortes por Covid nos EUA são de pessoas não vacinadas, diz Biden

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou neste último sábado (19) que as mortes recentes …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!