segunda-feira 23 de maio de 2022
David Neeleman, dono do grupo controlador da Azul e ex-acionista da TAP, companhia aérea reestatizada em Portugal — Marie Hippenmeyer/Divulgação
Home / Mundo / MUNDO / Dono da Azul virou alvo na disputa eleitoral em Portugal
quarta-feira 19 de janeiro de 2022 às 14:07h

Dono da Azul virou alvo na disputa eleitoral em Portugal

MUNDO, NOTÍCIAS


David Neeleman, dono do grupo controlador da Azul, virou alvo nas eleições legislativas de Portugal.

Em debate, o primeiro-ministro e líder do Partido Socialista, António Costa, disse que o Estado português reestatizou a companhia aérea TAP “para prevenir precisamente que aquele privado que lá estava [Neeleman] e que não merecia confiança, não daria cabo da TAP no dia em que fosse à falência”.

Em 2020, o governo português comprou de Neeleman os 45% que possuía no capital da TAP.
Pagou 55 milhões de euros.

O dono da Azul não gostou do comentário do primeiro-ministro e retrucou numa carta, divulgada ontem pela agência Lusa: “Ao contrário do que o Dr. António Costa disse, todas as empresas de aviação que fundei foram e continuam a ser projetos de grande sucesso com valorizações consideráveis para os seus ‘stakeholders’, tendo demonstrado ser sustentáveis e resilientes o suficiente para sobreviver neste cenário de crise.”

“O Dr. António Costa” — acrescentou — faltou à verdade e com as suas declarações afetou o meu nome e a minha reputação, pelo que espero um pedido de desculpas.”

O primeiro-ministro foi lacônico na rejeição: “Era o que faltava”.

Veja também

“Se ACM Neto ganhar no primeiro turno, ele apoia quem para presidente?”

Apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL), o vereador de Salvador e pré-candidato a deputado federal …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!