terça-feira 21 de setembro de 2021
Foto: Divulgação
Home / NOTÍCIAS / Diretório do PSOL na Bahia elege uma mulher pela primeira vez
segunda-feira 13 de setembro de 2021 às 17:47h

Diretório do PSOL na Bahia elege uma mulher pela primeira vez

NOTÍCIAS, POLÍTICA


O diretório do PSOL na Bahia elegeu neste domingo (12), pela primeira vez na história do partido, uma mulher para comandar a presidência no estado. A militante cultural Elze Fachinetti, da chapa de oposição liderada pelo deputado estadual Hilton Coelho e o ex-vereador Marcos Mendes, venceu com 58% dos votos

A chapa “PSOL Popular”, do ex-presidente Fábio Nogueira e Ronaldo Santos, teve 36% dos votos, enquanto a chapa “Semente” ficou com somente 6%.

A recém-eleita destacou a importância ser a primeira mulher na posição, e de assumir o partido na Bahia em um momento que “requer unidade” para combater o “avanço da extrema-direita” no país

“Ser a primeira mulher presidenta do PSOL Bahia é uma honra e grande alegria, mas quero destacar a importância da Chapa de Oposição neste momento em que temos como prioridade fortalecer o PSOL em todo o Estado, com um forte trabalho de interiorização do partido e uma verdadeira transformação social na Bahia. Especialmente, neste momento de tantas perdas de direitos que requer unidade na luta contra o avanço da extrema-direita e do golpismo no Brasil”, ressaltou.

Para o dirigente da Executiva Estadual do PSOL na Bahia e ex-vereador da capital baiana, Marcos Mendes, há seis anos o grupo da “situação” estava à frente do comando do partido na Bahia e a “base” enxergava a necessidade de uma “oxigenação” da direção, de uma renovação na condução do PSOL baiano.

“Defendemos a descentralização do poder de Salvador e região metropolitana, contemplando o interior do Estado, transparência na prestação de contas, suporte jurídico e contábil a todos os diretórios do partido no interior, realização de um trabalho de formação política, fortalecimento dos núcleos setoriais de mulheres, indígenas, agrários, ecossocialista, entre outros, para que o PSOL se firme na Bahia como uma verdadeira alternativa política. Um partido que caminhe ao lado dos movimentos sociais. Temos os parlamentares mais aguerridos do Brasil. O PSOL é o novo partido contra a velha política “, comemora o ex-vereador.

Veja também

Capitão Alden endossa Marcos Pollon e volta a criticar secretário da SSP por declarações sobre armas lícitas

Em vídeo publicado nas redes sociais, o presidente do Pro Armas, Marcos Pollon, criticou as …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!