segunda-feira 25 de outubro de 2021
Foto: Divulgação
Home / DESTAQUE / Diretor-geral da OMS elogia Queiroga em Roma por vacinação no Brasil
domingo 5 de setembro de 2021 às 16:49h

Diretor-geral da OMS elogia Queiroga em Roma por vacinação no Brasil

DESTAQUE, MUNDO, NOTÍCIAS


O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que está em Roma para reunião com os ministros da Saúde do G20, foi elogiado pelo diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, que o parabenizou pelos bons resultados do programa de vacinação contra a Covid-19 no Brasil. Adhanom e o ministro da Saúde brasileiro reuniram-se na manhã deste domingo (5), após a abertura da solenidade.

Segundo o R7, durante o encontro, o diretor da OMS também felicitou o Brasil pela perspectiva de transição de país importador de vacinas a país exportador de imunizantes em três plataformas tecnológicas: a de vírus inativado, a de vetor viral recombinante e a de RNA mensageiro (mRNA).

No Brasil, duas instituições públicas já fabricam vacinas a partir de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) estrangeiro e, graças a um acordo de transferência de tecnologia, em breve a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde, passará a produzir doses com o IFA próprio e 100% nacional.

Recentemente, a empresa farmacêutica brasileira Eurofarma e a americana Pfizer firmaram um acordo para que o imunizante de mRNA possa ser produzido em solo brasileiro, trazendo investimento para o país e inserindo o Brasil como o foco dos negócios da empresa na América do Sul.

“O complexo econômico-industrial de saúde do Brasil tem capacidade produtiva, competência técnica, ambiente regulatório seguro e ampla experiência para servir como hub regional na produção de insumos para a América Latina e Caribe”, pontuou Queiroga conforme o Metrópoles.

O ministro Marcelo Queiroga também ressaltou a adaptação e uso dos parques industriais veterinários para a fabricação de imunobiológicos para humanos, o que pode ampliar a capacidade nacional, atrair investimentos e ajudar os países que estão em dificuldade quanto à aquisição de doses a imunizar suas populações.

No dia 30 de agosto, Queiroga antecipou que, em seu discurso na solenidade, diria que o Brasil é um “case de sucesso” da vacinação contra a Covid-19. “O Brasil já passa a ser um case de sucesso na área de vacinação, sobretudo do prestígio às nossas Unidades Básicas de Saúde, onde, por vários dias, superamos mais de 2 milhões de doses aplicadas”, disse o chefe da pasta.

Veja também

Vídeo: Ativistas climáticos colam as mãos no asfalto com cola instantânea; ao menos 52 foram presos

Centenas de ativistas realizaram em Londres (Reino Unido), na manhã desta segunda-feira (25), um protesto …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!