terça-feira 16 de agosto de 2022
Foto: Reprodução/Ag. Câmara
Home / POLÍTICA / Deputados ignoram sessão da Câmara que lembra 50 anos do AI-5
quinta-feira 13 de dezembro de 2018 às 16:32h

Deputados ignoram sessão da Câmara que lembra 50 anos do AI-5

POLÍTICA


Na data que marca os 50 anos da decretação do AI-5, ato institucional que abriu o período mais rígido do regime militar no Brasil, a Câmara fez nesta quinta-feira (13) uma sessão solene para lembrar o episódio. O evento foi ignorado pela grande maioria dos deputados.

Às 11h30, cerca de 40 minutos após o início da sessão, era possível contar no plenário a presença de 10 dos 513 deputados.

Desde o início da manhã, parlamentares foram vistos passando pelo plenário apenas para marcar presença no sistema da Casa e depois sair. Até meio dia, cerca de 300 deputados registraram nome no painel eletrônico, mas poucos permaneceram.

A sessão teve homenagem aos mortos durante a ditadura e contou com discursos de deputados de PSOL, PT, PSB e PDT.

“Seria inadmissível a Câmara deixar esse 13 de dezembro passar sem uma sessão de memória, de repúdio ao arbítrio, de alerta para os tempos sombrios que sempre nos ameaçam”, afirmou o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ), um dos organizadores da solenidade.

Ele lembrou que em 1968, naquele mesmo plenário, o jornalista e deputado Marcio Moreira Alves fez discurso que acabou sendo usado pelo regime militar como pretexto para editar o AI-5.

Veja também

Leo Prates revela em carta aberta por que deseja ser deputado federal

Por Leo Prates Amigas e amigos, Ao longo dos últimos três anos, muitos de vocês …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!