segunda-feira 6 de dezembro de 2021
Foto: Reprodução
Home / NOTÍCIAS / Deputado quer proibir uso do Pix no estado de São Paulo
quinta-feira 9 de setembro de 2021 às 10:48h

Deputado quer proibir uso do Pix no estado de São Paulo

NOTÍCIAS


As transações feitas por meio de Pix no estado de São Paulo podem estar com os dias contados, segundo a revista Veja desta quinta-feira (9).

A publicação informa que já tramita na Assembleia Legislativa de São Paulo (AL-SP) um projeto que visa suspender o uso do meio de pagamento até que o Banco Central desenvolva um mecanismo de segurança que assegure a integridade física dos usuários.

O autor da proposta, o deputado Campos Machado (Avante), diz que a medida tem como objetivo frear a escalada de golpes, fraudes e crimes como o sequestro-relâmpago envolvendo o Pix, principalmente na cidade de São Paulo.

O texto foi apresentado na última semana e ainda não teve o parecer de nenhuma das comissões.

Segundo um levantamento da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, divulgado pelo jornal O Estado de S. Paulo, o número de sequestros-relâmpago teve alta de 39,1% nos sete primeiros meses de 2021 em relação ao mesmo período do ano passado, quando não havia Pix.

O aumento da insegurança no meio de pagamento que se tornou popular entre os brasileiros fez com que o Banco Central impusesse algumas restrições quanto ao seu uso.

Recentemente, foi anunciado que as transações feitas com Pix terão limite de 1.000 reais quando forem feitas entre às 20h e às 6h. Além disso, agora os bancos vão poder reter as transferências, que hoje levam no máximo 6 segundos, por até 30 minutos durante o dia ou por 60 minutos durante a noite.

Veja também

Bolsonaro nomeia advogada de Lula para o TSE

Nomeada por Jair Bolsonaro para o cargo de ministra substituta do TSE, Maria Claudia Bucchianeri …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!