domingo 14 de agosto de 2022
Foto: Divulgação
Home / NOTÍCIAS / Deputado denuncia uso político de perfil oficial do governo da Bahia nas redes sociais
quinta-feira 30 de junho de 2022 às 18:25h

Deputado denuncia uso político de perfil oficial do governo da Bahia nas redes sociais

NOTÍCIAS, POLÍTICA


O deputado estadual Alan Sanches (União Brasil) denunciou, na sessão extraordinária dessa quarta-feira (29), o uso político do perfil oficial da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) nas redes sociais.

Segundo o parlamentar, a pasta usa espaço de interação com seguidores, batizado como ‘Diga aí, Sesab’, para fazer críticas e difundir informações falsas sobre a rede municipal de saúde de Salvador, cidade que foi administrada por oito anos pelo ex-prefeito e hoje pré-candidato ao governo da Bahia, ACM Neto (União Brasil).

Ao responder uma pessoa que questiona dificuldade em agendar consulta nas policlínicas recém-inauguradas pelo governo do estado em Salvador, o perfil @saudegovba diz que “a agenda está super concorrida” e atribui, enganosamente, a responsabilidade para a prefeitura da capital.

“Quero registrar isso aqui, porque isso não pode acontecer, utilizar de uma forma vil um perfil oficial para criticar um adversário como o governo do estado está fazendo”, recriminou Alan Sanches, ao discursar na tribuna da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

Sanches lembrou ainda que o PT administrou a Secretaria de Saúde de Salvador durante a gestão do ex-prefeito João Henrique e deixou a cidade indicadores muito baixos.

“O PT entregou a gestão com 18% de cobertura de atenção básica. Hoje a assistência em Salvador está em torno de 60%. Falar que a prefeitura [na gestão ACM Neto] não fez o seu dever de casa é uma falácia. O que não pode é o perfil oficial do governo do estado estar sendo utilizado para criticar o nosso futuro governador”, denunciou Sanches, que é membro titular da Comissão de Saúde da AL-BA.

Veja também

Os salários da Petrobras agora estão transparentes; confira os valores

Em uma divulgação inédita, o Ministério da Economia passou a publicar na última semana em …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!