quinta-feira 9 de dezembro de 2021
Home / JUSTIÇA / Colégio de Ouvidores da Justiça Eleitoral elege nova Comissão Executiva
segunda-feira 5 de julho de 2021 às 05:06h

Colégio de Ouvidores da Justiça Eleitoral elege nova Comissão Executiva

JUSTIÇA, NOTÍCIAS


O Colégio de Ouvidores da Justiça Eleitoral (Coje) se reuniu na última sexta-feira (2) em Assembleia-Geral Ordinária para a eleição da nova Comissão Executiva. A reunião foi conduzida pela presidente e pelo vice-presidente do Coje, respectivamente, juíza Kamile Moreira Castro e juiz Thiago Paiva dos Santos. Também estiveram presentes o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Carlos Horbach, e a juíza Simone Trento, ouvidora da Corte Eleitoral, além de juízes ouvidores de diversos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e servidores de ouvidorias eleitorais de todo o país.

Foram eleitos os novos integrantes da Comissão Executiva do Coje para a gestão 2021/2022: presidente, juíza Kamile Moreira Castro, ouvidora do TRE-CE; vice-presidente, juiz Thiago Paiva dos Santos, ouvidor do TRE-PR; primeiro-secretário, juiz Daniel Castro Gomes da Costa, ouvidor do TRE-MS; segunda-secretária, juíza Ana Paula Brandão Brasil, ouvidora do TRE-TO; e terceira-secretária, juíza Alessandra Bilac, ouvidora do TRE-RJ.

Na ocasião, o ministro Carlos Horbach apontou o papel das ouvidorias eleitoras na viabilização da participação popular e do exercício democrático, bem como destacou a importância do trabalho realizado pelas ouvidorias durante a pandemia de Covid-19, período em que foi reduzido o atendimento presencial nos cartórios eleitorais.

A juíza ouvidora do TSE, Simone Trento, enfatizou a enorme importância do trabalho das Escolas Judiciárias Eleitorais (EJEs) no treinamento e aprimoramento das ouvidorias. Ela ainda destacou que a EJE-TSE tem muito a contribuir para o combate à desinformação, trazendo capacitação e conhecimentos a todos os agentes do processo eleitoral.

Veja também

TSE explica as funções da Corregedoria-Geral da Justiça Eleitoral

Órgão criado com o Código Eleitoral de 1965 (Lei nº 4.737) na esfera do Tribunal …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!