terça-feira 9 de agosto de 2022
Foto: Reprodução/DR
Home / CURIOSIDADES / Chances de viver mais de 100 anos variam entre diferentes sexos e tamanhos de corpo, revela pesquisa
sábado 16 de abril de 2022 às 14:35h

Chances de viver mais de 100 anos variam entre diferentes sexos e tamanhos de corpo, revela pesquisa

CURIOSIDADES, NOTÍCIAS, SAÚDE


Viver mais de 100 anos é o sonho de muitas pessoas. Um estudo publicado no periódico britânico Journal of Epidemiology & Community Health mostra que a longevidade pode estar relacionada ao tamanho do corpo e o sexo da pessoa.

De acordo com a CNN, a pesquisa mostra que para viver cem ou mais pode depender do tamanho do seu corpo — altura e peso —, nível de atividade física. Esses pontos, conforme o levantamento, parecem influenciar a expectativa de vida de uma mulher mais do que a de um homem.

Conforme o estudo, mulheres que viviam até os 90 anos eram, em média, mais altas e engordavam menos desde os 20 anos, em comparação com as mulheres que eram mais baixas e mais pesadas.

O fato curioso da pesquisa é que a mesma associação não foi observada para os homens, que tiveram mais benefícios da atividade física do que as mulheres.

Embora o estudo seja observacional e não possa estabelecer a causa, os resultados “fornecem dicas interessantes de que a saúde de homens e mulheres pode responder de maneira diferente ao IMC, altura e exercício”, disse o epidemiologista David Carslake, pesquisador associado sênior da Universidade de Bristol, no Reino Unido, que não participou do estudo, segundo a CNN.

É importante destacar que o IMC (Índice de Massa Corporal) é uma medida da gordura corporal com base no cálculo da altura e do peso.

Segredos para vida longa

  1. Cuide da sua alimentação
  2. Faça exercícios regularmente
  3. Durma adequadamente
  4. Busque atividades para desestressar, como ler um livro ou assistir a um filme
  5. Relacione-se bem com as pessoas

Se sua genetica for boa, tipo pais e avos que tenham vivido mais de 90 anos, as chances de você passar dos 100 anos é muito provavel, até porque, a tecnologia e medicina atualmente é muito mais avançada do que na época deles.

Veja também

Estou com sintomas de varíola do macaco, o que devo fazer?

Agência Adventista lança campanha de orientação sobre doença No último dia 23 de julho, a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!