segunda-feira 15 de julho de 2024
Valdemar Costa Neto comparece a evento de líder do PSD — Foto: Lauriberto Pompeu / O Globo
Home / DESTAQUE / Candidato à sucessão ao comando da Câmara reúne apoiadores de Bolsonaro e Lula
quarta-feira 10 de julho de 2024 às 06:30h

Candidato à sucessão ao comando da Câmara reúne apoiadores de Bolsonaro e Lula

DESTAQUE, NOTÍCIAS


Evento contou com momento de confraternização entre políticos da base de Lula e apoiadores de Bolsonaro

O líder do PSD na Câmara dos Deputados, Antônio Brito (PSD), reuniu na noite desta última terça-feira (9) políticos de diversas colorações partidárias. O evento, que serve como termômetro para a candidatura de Brito para a presidência da Casa, aconteceu segundo Lauriberto Pompeu, do O Globo, em um restaurante em Brasília e conta com a presença de nomes como o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e o ministro da Justiça e Segurança Publica, Ricardo Lewandowski.

O evento, que contou com show do cantor Dudu Nobre, foi marcado para comemorar os aniversariantes do mês da bancada do PSD na Câmara e acontece um dia antes da festa de comemoração de aniversário do líder do União Brasil, o deputado baiano Elmar Nascimento (União Brasil), que também planeja ser presidente da Câmara.

Também estão presentes no evento de Brito os presidentes partidários Gilberto Kassab (PSD), Valdemar Costa Neto (PL) e Marcos Pereira (Republicanos), este último concorrente de Brito na disputa pela sucessão de Lira. Além de Pereira, outros adversários de Brito na corrida pela sucessão da Casa marcaram presença, como Elmar e o líder do MDB, Isnaldo Bulhões (AL).

Entre os ministros do presidente Lula da Silva (PT) estiveram também José Múcio (Defesa), Alexandre Padilha (Relações Institucionais), Jader Filho (Cidades), Alexandre Silveira (Minas e Energia), André de Paula (Pesca), Luciana Santos (Ciência e Tecnologia) e Silvio Costa Filho (Portos e Aeroportos).

Em um momento da festa, Kassab conversou com o deputado Ricardo Salles (PL-SP), ex-ministro de Jair Bolsonaro. Os dois combinaram de marcar um café. De acordo com Kassab, ele e Salles são amigos há cerca de dez anos, desde quando o deputado trabalhou no governo de São Paulo, na gestão de Geraldo Alckmin.

O presidente do PSD, que costuma provocar a ira de Bolsonaro, principalmente por conta do apoio do partido a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, no Senado, que desgatou o governo passado, minimizou as divergências com o ex-presidente. Ele disse que não falou recentemente com Bolsonaro, mas classificou como natural que haja entre eles afinidades e distâncias conforme as circunstâncias.

Kassab avaliou também que a candidatura de Brito está consolidada, mas que a festa não necessariamente representa a força dele.

Em outro momento, Lira e Kassab conversaram sobre Reforma Tributária. O presidente do PSD tinha curiosidade em saber se a regulamentação da Reforma seria aprovada antes do recesso, ao que Lira reagiu positivamente.

Estiveram presentes representantes do PT ao PL, como o líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), o líder do PT na Casa, Odair Cunha (MG), e os líderes do PL no Senado, Carlos Portinho (RJ), e na Câmara, Altineu Cortes (RJ), e o da oposição na Câmara, Filipe Barros (PL-PR). Os líderes do PP, Doutor Luizinho (RJ), do Republicanos, Hugo Motta (PB), e o deputado Luciano Bivar (PE), ex-presidente do União Brasil também estiveram na festa.

Veja também

Alexandre de Moraes retira sigilo de áudio de “Abin paralela” de Bolsonaro; ouça

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta segunda-feira (15) a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!