segunda-feira 15 de julho de 2024
A secretária Iziane Marques convidou a a todos os países membros do BRICS+ para estarem no Brasil em 2025 - Foto: Divulgação
Home / DESTAQUE / Brasil é confirmado como sede dos Jogos do Brics em 2025
domingo 23 de junho de 2024 às 15:31h

Brasil é confirmado como sede dos Jogos do Brics em 2025

DESTAQUE, ESPORTE, NOTÍCIAS


É oficial. O Brasil será sede da próxima edição dos Jogos do BRICS, que acontece em 2025. O anúncio aconteceu neste sábado (22), durante a Reunião dos Ministros do Esporte do BRICS. O encontro acontece neste fim de semana em Kazan, na Rússia, sede da edição dos jogos deste ano.

Representando o ministro do Esporte do Brasil, André Fufuca, participam a secretária Nacional de Esportes de Alto Desempenho, Iziane Marques; e o secretário Nacional de Esporte Amador, Educação, Lazer e Inclusão Social, Paulo Henrique Cordeiro.

Representantes brasileiros durante anúncio do país-sede – Foto: Divulgação

Os Jogos do BRICS são uma competição multiesportiva organizada pelos países membros, organização integrada, em sua composição atual, pela África do Sul, Arábia Saudita, Argentina, Brasil, China, Egito, Emirados Árabes Unidos, Etiópia, Índia, Irã e Rússia.

Em sua fala, a secretária Iziane defendeu que os Jogos do BRICS são uma celebração da amizade e cooperação entre os países. “Eles representam não apenas uma competição esportiva, mas também um encontro cultural que fortalece os laços entre nossas comunidades. Quero parabenizar a organização deste evento pelo alto nível de excelência e pela dedicação em criar um ambiente onde nossos atletas possam mostrar seu melhor desempenho”.

Já o secretário Paulo Henrique falou sobre as expectativas da realização do evento no Brasil. “Nosso país é referência mundial em realização de eventos esportivos internacionais, como Copa do Mundo, Olimpíadas e agora confirmado como sede da Copa do Mundo Feminina de 2027. Não será diferente no próximo ano, nos Jogos do BRICS. Vamos fazer um grande evento”.

Em nome do ministro Fufuca, Iziane convidou a todos os países membros do BRICS+ para estarem no Brasil em 2025. “Estamos ansiosos para receber todos vocês em nosso país, onde garantimos uma calorosa recepção e uma experiência esportiva inesquecível”, finalizou.

BRICS e o Brasil

O grupo BRICS representa mais de 42% da população mundial, 30% do território do planeta, 23% do PIB global e 18% do comércio internacional.

O diálogo entre esses países se dá em três pilares principais: cooperação em política e segurança, cooperação financeira e econômica, e cooperação cultural e pessoal. O BRICS é um foro voltado à cooperação internacional e ao desenvolvimento sustentável, à construção de uma ordem multipolar justa e de uma governança global inclusiva em prol dos países em desenvolvimento.

Os Jogos do BRICS são realizados anualmente. Pela tradição, cabe ao país que ocupa a presidência rotativa do mecanismo a organização da competição no ano de sua presidência. Em 2024, sob presidência da Federação Russa, esses Jogos estão sendo realizados no período de 12 a 23 de junho de 2024, cerca de um mês antes das Olimpíadas de Paris. Em 2025, ano em que o Brasil assumirá a presidência do BRICS, caberá a organizar do evento em território brasileiro.

Os Jogos não têm modalidades pré-definidas, as quais têm sido determinadas pelos países anfitriões. Na Rússia, estão sendo disputadas 27 modalidades: boxe, break, vôlei de praia, handball de praia, caiaque e canoagem, remo, judô, caratê, koresh, atletismo, tênis de mesa, natação, saltos ornamentais, sambo, nado sincronizado, skate, wrestling, ginástica artística, tênis, wushu, esgrima, baquete “phygital”, futebol “phygital”, ginástica rítmica, xadrez, levantamento de peso e badminton.

O Brasil subiu, nesta sexta-feira (21), para o quarto lugar no quadro geral de medalhas nos Jogos do BRICS, em Kazan, na Rússia. Com a medalha dourada conquistada por Kailanny Valentim no judô, o país ultrapassou o Uzbequistão e o Irã, ficando atrás somente de Rússia, Belarus e China. Agora, são cinco medalhas de ouro, 19 de prata e 22 de bronze.

Veja também

Alexandre de Moraes retira sigilo de áudio de “Abin paralela” de Bolsonaro; ouça

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta segunda-feira (15) a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!