segunda-feira 15 de agosto de 2022
Home / NOTÍCIAS / Bolsonaro muda de ideia e decide ir ao Jornal Nacional na TV Globo
sexta-feira 5 de agosto de 2022 às 13:46h

Bolsonaro muda de ideia e decide ir ao Jornal Nacional na TV Globo

NOTÍCIAS, POLÍTICA


A dura realidade exibida pelas pesquisas de intenção de voto deve ter sido levada em conta pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) no momento de mudar de ideia nesta sexta-feira (5) e decidir participar, no Rio, das entrevistas no “Jornal Nacional” com os principais candidatos à Presidência.

Até ontem (04), Bolsonaro argumentava que “em função da campanha e de compromissos assumidos anteriormente, a agenda presidencial impossibilita a ida ao RJ, no dia 22 de agosto”. Em outras palavras, se a Globo quisesse entrevistar o presidente que viesse a Brasília.

Nas redes sociais, bolsonaristas entenderam a mensagem – o presidente não iria se curvar à Globo. E mais: a exigência de fazer a entrevista no estúdio da Globo era estapafúrdia e revelava ser uma descortesia com o presidente. Para ilustrar o argumento, foram exibidas fotos de entrevistas concedidas pelos então presidentes Lula e Dilma ao JN no palácio.

A emissora lembrou que alterou as regras nas eleições passadas: “Depois das eleições de 2014, porém, a Globo decidiu que sempre realizaria as entrevistas de todos os candidatos à Presidência da República em seus estúdios, de forma a demonstrar que todos os candidatos são tratados em igualdade de condições”. Em 2018, no entanto, não havia candidato à reeleição.

Na manhã desta sexta, a Globo divulgou para a mídia um informe sobre as entrevistas com Lula, Ciro Gomes e Simone Tebet, avisando que rejeitou o pedido de Bolsonaro de gravar com ele em Brasília. Pouco tempo depois, a assessoria do presidente informou que ele mudou de ideia e decidiu ir aos estúdios da Globo para a entrevista.

A falta de disposição de Bolsonaro para o debate e o confronto de opiniões é conhecida. Mas, em segundo lugar nas pesquisas, o presidente sabe que precisa aproveitar as melhores oportunidades de exposição pública. É bem possível que, se estivesse liderando as pesquisas, a reação sobre a entrevista no JN teria sido outra.

O mesmo raciocínio vale para a participação em debates. O cálculo eleitoral do comando de sua campanha deve estar, no momento, ainda em dúvida sobre o que é menos pior: participar ou não de debates. A julgar pela decisão de hoje, acredito que Bolsonaro participará de alguns.

Veja também

Cadastro para receber auxílio caminhoneiro começa nesta segunda-feira

Caminhoneiros sem operações de transporte de carga registradas no primeiro semestre, de 1º de janeiro …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!