terça-feira 23 de julho de 2024
Foto: Reprodução
Home / NOTÍCIAS / Black Hawk será substituído no Exército dos EUA por aeronave de rotores basculantes
terça-feira 6 de dezembro de 2022 às 08:57h

Black Hawk será substituído no Exército dos EUA por aeronave de rotores basculantes

NOTÍCIAS


Conforme Ricardo Meier, da Airway, a Bell conquistou um importante contrato junto ao Exército dos EUA nesta segunda-feira (5) ao ser declarada vencedora da concorrência FLRAA (Future Long Range Assault Aircraft, Futura Aeronave de Assalto de Longo Alcance), um programa que pretende substituir os versáteis helicópteros UH-60 Black Hawk a partir de 2030.

Para isso, a fabricante ofereceu um novo modelo tiltrotor, o V-280 Valor, que foi desenvolvido graças à experiência adquirida com o V-22 Osprey, primeira aeronave operacional de rotores basculantes.

O V-280 derrotou um helicóptero bastante inovador, o Defiant X, da Sikorsky, que apostava numa tecnologia de rotores coaxiais rígidos e motor pusher traseiro.

O Exército dos EUA busca uma aeronave que possa substituir o venerável Black Hawk oferecendo maior velocidade e alcance. Por isso, os requerimentos barravam uma solução de helicóptero convencional. Era preciso ter uma velocidade máxima de pelo menos 250 nós (463 km/h) e um raio de combate mínimo de 200 milhas náuticas (370 km), entre outras metas.

O V-280 conseguiu atingir 305 nós (565 km/h) e voar por mais de 500 milhas náuticas, dependendo da missão. Embora lembre o Osprey, o novo tiltorotor possui diferenças importantes como as hélices pivotantes enquanto o motor permanece na mesma posição, o que aprimorou sua segurança e eficiência operacional.

“Estou entusiasmado por fazer parte deste dia importante para o nosso Exército”, disse Doug Bush, Secretário Adjunto do Exército para Aquisição, Logística e Tecnologia. “A execução ponderada e disciplinada da estratégia do programa FLRAA fornecerá as capacidades transformacionais de que precisamos para apoiar a Força Conjunta, fortalecer a dissuasão e vencer em operações em vários domínios.”

“Estamos honrados com o fato de o Exército dos EUA ter escolhido o Bell V-280 Valor como sua aeronave de assalto de última geração”, disse Scott C. Donnelly, presidente e diretor executivo da Textron. “Pretendemos honrar essa confiança construindo um sistema de armas verdadeiramente notável e transformador para atender aos requisitos de missão do Exército. Estamos entusiasmados por desempenhar um papel importante no futuro da Aviação do Exército.”

A Sikorsky, parte da Lockheed Martin, no entanto, estuda entrar com um recurso para anular a decisão. A empresa terá de solicitar um briefing ao Exército para ter detalhes sobre como a escolha foi feita.

“Continuamos confiantes de que o Defiant X é a aeronave transformacional de que o Exército dos EUA precisa para cumprir suas complexas missões hoje e no futuro”, disse Sikorsky e a Boeing, que é parceria nesse projeto.

Outra disputa Bell versus Sikorsky

O FLRAA não é a única concorrência em que a Bell e a Sikorsky se enfrentam. As duas empresas também são finalistas do programa FARA (Future Attack Reconnaissance Aircraft), que visa fornecer um helicóptero de escolta e ataque.

Novamente, a Sikorsky aposta na tecnologia X2, com o Raider X, enquanto a Bell foi ainda mais conservadora ao propor o helicóptero 360 Invictus. Ambos ainda estão na avaliação de protótipos, sem um prazo para o anúncio de uma decisão.

Veja também

Maternidade no Subúrbio Ferroviário de Salvador é destaque em atendimento humanizado pelo SUS

Às 7h42 de 2 de junho de 2024, a enfermeira Carina Aguiar Pitanga Suares, de …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!