terça-feira 28 de junho de 2022
Foto: Reprodução
Home / JUSTIÇA / Augusto Aras vê uma ‘indesejável tensão constitucional num ano eleitoral’
sexta-feira 22 de abril de 2022 às 18:40h

Augusto Aras vê uma ‘indesejável tensão constitucional num ano eleitoral’

JUSTIÇA, NOTÍCIAS


Em conversas privadas, o Procurador Geral da República, Augusto Aras, tem mantido desde a noite de quinta-feira (21) conforme a coluna de Lauro Jardim, no O Globo, mistério sobre a posição que terá que tomar como PGR em relação ao decreto de Jair Bolsonaro (PL), que indultou o deputado federal Daniel Silveira.

A um interlocutor, disse que há “uma indesejável tensão constitucional num ano eleitoral”, mas não se estendeu em considerações — exceto pela obviedade de que a solução para o episódio que hoje bota Bolsonaro e o Supremo em lados opostos tem que ser solucionado pela Constituição.

Veja também

Justiça manda mãe de Henry Borel voltar para a cadeia no Rio

A Justiça do Rio determinou, nesta terça-feira (28), que a mãe do menino Henry Borel, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!