quarta-feira 24 de julho de 2024
Foto: Reginaldo Ipê
Home / NOTÍCIAS / Audiência na Câmara de Salvador propõe educação financeira nas escolas municipais
quinta-feira 20 de junho de 2024 às 11:53h

Audiência na Câmara de Salvador propõe educação financeira nas escolas municipais

NOTÍCIAS


A Comissão de Educação, Esporte e Lazer realizou, na terça-feira (18), a audiência pública “Educação Financeira no município de Salvador”. O evento realizado no Auditório Bahia Center foi proposto e conduzido pelo vereador Sílvio Humberto (PSB), membro do colegiado. “É um assunto que diz respeito a todos nós contribuintes, embora tenhamos, em maioria, muita dificuldade com essas informações e não saibamos nos organizar financeiramente”, destacou.

O debate teve como foco principal explicar para os participantes temas que estão presentes no cotidiano, como receitas e despesas, poupança, investimentos, juros, débito e crédito, bem como a criação de políticas que promovam a difusão desse conhecimento para a população.

O vice-presidente do Conselho Regional de Economia da Bahia (Corecon-BA), Edval Landulfo de Souza Neto, oportunizou a fala em mesa para trazer dados ao debate. “Salvador é uma cidade em que menos de 5% das pessoas negras ocupam cargos de liderança nas empresas, e isso é um reflexo do poder que está diretamente relacionado ao conhecimento. Por isso, sou entusiasta que as pessoas aprendam desde cedo, isto é, desde a na educação infantil, a lidar com o dinheiro”, frisou.

A audiência abordou a necessidade de o Poder Executivo agregar o tema à grade pedagógica da Rede Municipal de Ensino para a primeira infância, adolescência e adultos.

“Dinheiro é algo que mexe com a nossa vida pessoal desde a hora que nascemos até a hora que morremos, mas nem todas as pessoas conseguem fazer uma boa gestão dos recursos, sobretudo, as pessoas mais carentes, que nem sempre podem escolher com o que vão gastar, muito menos podem investir em uma formação financeira. Então deixo o Instituto Cultural Steve Biko como uma tecnologia de sucesso exemplar para que os espaços legislativos do Brasil repitam essa experiência com políticas públicas voltadas para a educação”, destacou Edval. “O que a Biko faz é possibilitar que famílias carentes consigam se empoderar com conhecimento sem precisarem arcar com despesas financeiras”, completou.

Além do vereador Sílvio Humberto, compuseram a mesa da audiência pública: a presidente da Comissão, vereadora Cris Correia (PSDB); o economista, professor e profissional autônomo que atua com projetos de educação financeira, Bruno Mota Lopes; o economista, diretor executivo do Centro de Apoio aos Pequenos Empreendimentos da Bahia, CEAPE – BAHIA e representante da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – OSCIP, José Nélio Monteiro Corsini, e o representante do Banco Central, Pablo da Costa Saavedra.

Veja também

Deputado federal reclama de construção de ponte na região da Chapada; veja vídeo

O deputado federal pela Bahia, João Leão (PP), compartilhou um vídeo em uma balsa no …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!