terça-feira 16 de julho de 2024
Foto: Divulgação
Home / CONCURSOS / Aos 14 anos, mais novo aprovado no ITA sonha em figurar no Guinness Book
quinta-feira 15 de dezembro de 2022 às 06:02h

Aos 14 anos, mais novo aprovado no ITA sonha em figurar no Guinness Book

CONCURSOS, NOTÍCIAS


Aprovado em 10 processos seletivos, entre vestibulares e concursos militares com apenas 14 anos, Caio Temponi conquistou um novo feito: foi aprovado no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), considerado o vestibular mais difícil do Brasil. O mais novo estudante brasileiro a atingir essa façanha se mobiliza, agora, para entrar no Guiness Book.

Sua mãe, Laurismara Temponi, disse que já está reunindo a papelada para registrar as conquistas do filho no Livro dos Recordes. “O Brasileiro recordista no Brasil é um rapaz que, aos 22 anos, foi aprovado em dez concursos. O Caio, com o ITA, já soa 11 e ainda falta receber o resultado das suas aprovações no último Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem”, diz ela. A matéria é de Katherine Assis, do Correio Braziliense.

A mãe do garoto prodígio também contou que ele recebeu uma ligação de vídeo do próprio reitor do ITA, Anderson Correia, às 9h desta quarta-feira (14), informando e parabenizando Caio por sua aprovação, em 14º lugar. “Estávamos na atual escola do Caio, o Colégio Farias Brito, quando recebemos a ligação. Ficamos muito felizes, especialmente por ter partido do próprio reitor”, comemora Laurismara.

Caio disse que o ITA era um sonho e, agora que coleciona 11 aprovações, pretende dar uma pausa na realização de provas e seleções. Ele confessa que está indeciso com relação a carreira a seguir. Está dividido entre o curso de direito na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), onde ele ficaria mais perto da família, natural de Três Rios (RJ), ou engenharia no ITA. E afirma que, apesar de também ter sido aprovado em medicina em diversas faculdades, definitivamente não é sua opção seguir na área mais cobiçada pela maioria dos estudantes.

Caio afirma que, no momento, não está preocupado com a decisão a tomar. Diz que em um mês baterá o martelo. Este ano ele concluiu o ensino médio, adiantado em quatro anos e afirma que até o início do ITA ou das aulas na UFJF, pretende continuar estudando. “Enquanto não decido o que fazer no próximo ano, quero estudar e me aprofundar em conteúdos que ainda não tenho domino. Para mim, estudar é um hobby, um passatempo”, afirma. Laurismara afirma que a escolha do filho será totalmente acatada por ela e o marido.

Sobre o fato de ter que ingressar na rotina de estudos já voltada para o mercado profissional, Caio diz lidar muito bem com essa questão. “Vou poder adiantar meus estudos e, assim, ter mais tempo livre no futuro”, diz, assegurando que está aproveitando muito bem sua pré-adolescência e que sua família e amigos o apoiam e incentivam em suas escolhas.

Caio confessa que sentiu grande emoção ao receber a notícia de sua aprovação no ITA, e que este era seu principal objetivo para esse ano. Com a aprovação certa no Enem, no entanto, brirá o leque de possibilidades para outros cursos e faculdades. Para quem pretende atingir os mesmos feitos, ensina que “o segredo é nunca desistir e estudar bastante”. Segundo ele, a estratégia que o auxiliou muito no processo de estudos foram as revisões de provas.

Confira as conquistas do jovem estudante

É o brasileiro mais jovem a ser aceito na Intertel, uma das sociedades de alto quociente de inteligência mais restritas do mundo;

Foi aprovado em 1° lugar no Colégio Militar de Juiz de Fora (CMJF);

Gabaritou e foi aprovado em 1° lugar no concurso da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR);

Foi aprovado duas vezes em medicina na Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e no Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ);

Foi aprovado em 1° lugar em direito na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), em Engenharia Civil na Universidade Federal do Cariri (UFCA) e em Administração na Universidade Estadual do Ceará (UECE);

Foi aprovado no concurso da Academia das Forças Aéreas (AFA);

Medalhista de ouro na 28ª Olimpíada Internacional de Matemática de Mayo, na categoria até 13 anos, onde concorria com estudantes de outros doze países.

Veja também

Flávio Bolsonaro minimiza áudio do pai discutindo investigação contra ele

Após o ministro Alexandre de Moraes determinar a divulgação do áudio em que Jair Bolsonaro …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!