terça-feira 19 de outubro de 2021
Foto: Reprodução
Home / Mundo / MUNDO / Acusados de maior golpe de bitcoin compram cidadania em ilha por R$ 680 mil cada
sexta-feira 23 de julho de 2021 às 19:03h

Acusados de maior golpe de bitcoin compram cidadania em ilha por R$ 680 mil cada

MUNDO, NOTÍCIAS


Os dois irmãos acusados de cometerem o maior golpe de bitcoin da história compraram cidadania na ilha remota de Vanuatu, no Oceano Pacífico. Conforme o jornal The Guardian, os irmãos Ameer e Raees Cajee, de 18 e 20 anos respectivamente, pagaram cerca de R$ 680 mil por cada licença para viver ‘no paraíso.

Os valores perdidos no golpe dos irmãos foram avaliados em US$ 3,6 bilhões, cerca de R$ 18 bilhões. A fortuna em criptomoedas foi investida na plataforma Africrypt, fundada por eles na África do Sul, e desapareceu das contas dos titulares das carteiras de bitcoin.

De acordo com o The Guardian, a denúncia foi de que os usuários deixaram de ter acesso as contas nas mesmas semanas em que o bitcoin atingiu sua máxima histórica, em abril de 2021. A moeda virtual chegou a valer US$ 63.226 por unidade, cerca de R$ 320 mil.

O diretor de operações da Africrypt Ameer Cajee, um dos irmãos, disse aos clientes que a empresa foi vítima de um ciberataque e que a plataforma suspendeu as operações.

Veja também

‘Serão tomadas todas as providências’, diz Aras sobre relatório da CPI da Covid

O procurador-geral da República, Augusto Aras, afirmou neste último domingo (17), em entrevista ao Canal …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!