domingo 28 de novembro de 2021
Foto: Reprodução/Arquivo
Home / DESTAQUE / ACM Neto se diz preocupado com convocação de atos para este 7 de setembro
sábado 4 de setembro de 2021 às 07:52h

ACM Neto se diz preocupado com convocação de atos para este 7 de setembro

DESTAQUE, NOTÍCIAS, POLÍTICA


Presidente nacional do DEM, ACM Neto na última quinta-feira (2) em entrevista à rádio Caraíbas FM, em Irecê, estar preocupado com a convocação de protestos no dia 7 de Setembro. O ex-prefeito afirmou que o país vive uma situação de crise econômica e social, e precisava agora ter “bom senso, equilíbrio, capacidade de dialogar”.

“Então, o que a gente vê? É um tensionamento, a gente vê posições extremadas, radicalismo. Eu, por exemplo, estou preocupado com o que pode acontecer nesse próximo 7 de Setembro, porque tem convocação de um lado, convocação de outro. A galera está tentando radicalizar de um lado e do outro, e puxando a corda. O momento agora é de afrouxar, não é de puxar, não é de esticar. O momento é de ter bom senso, essa é a minha defesa”, declarou ACM Neto.

Para Neto, a “turma” de Brasília está desconectada da realidade do país.  “O que a gente vê? A gente vê o Congresso em briga com o Judiciário, em briga com a Presidência da República e por aí vai. Então, ao invés do caminho ser a do diálogo, de uma agenda de retomada do país…Muitos dos problemas econômicos que estão acontecendo são por erros políticos. Quando eu vou para Brasília, eu chego lá pra turma e digo: ‘vocês sabem como é o Brasil real? Vocês estão ligados no que que está acontecendo nas ruas da periferia, das grandes cidades, do que que está acontecendo na zona rural de muitos municípios desse Nordeste do Brasil?’ Porque, às vezes, eu acho que a turma que está em Brasília é desconectada dessa realidade da vida real das pessoas. Eu acho que tem caminho, eu acho que o Brasil é um país com enorme potencial. Agora, não pode ser com os políticos brigando, não pode ser com desentendimento do governo, com o Supremo, com o Congresso, cada um tem que ficar no seu quadrado e todos estão aí, todos eles”, ponderou.

Sobre a eleição na Bahia, ACM Neto voltou a dizer conforme o jornal Tribuna, que não acredita na influência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na eleição da Bahia. “Eu não vou disputar nada contra Lula. Eu não vou disputar nada contra Bolsonaro. Eles são  candidatos a presidente da República. O meu foco todo é na disputa do governo do Estado da Bahia. O restabelecimento dos direitos políticos de Lula é uma decisão judicial, e, como eu sempre falei, decisão judicial não se discute, se cumpre. No passado, esse mesmo Supremo Tribunal Federal tornou Lula inelegível, e não pode ficar no jogo da eleição de 18. Se ele pode agora que se discute, porque é uma decisão da Justiça. Aí você vai perguntar: Neto isso pode ter alguma influência na eleição para o governo do Estado da Bahia? Eu acho que os baianos amadureceram muito ao longo dos anos. Hoje, nós temos uma população extremamente consciente, madura, consciente do seu presente, consciente das conquistas que tivemos nos últimos anos e consciente acima de tudo dos seus desejos para o futuro”, pontuou.

Veja também

Mesmo sem casos confirmados, variante Ômicron pode já estar no Brasil, diz diretor da Anvisa

Nesta sexta-feira (26), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou medidas de restrição para …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!