segunda-feira 18 de outubro de 2021
Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado
Home / NOTÍCIAS / A percepção de senadores sobre a quarentena eleitoral para juízes
sexta-feira 27 de agosto de 2021 às 11:28h

A percepção de senadores sobre a quarentena eleitoral para juízes

NOTÍCIAS, POLÍTICA


A articulação de lideranças da oposição e do Centrão para aprovar, na Câmara, uma quarentena de cinco anos para juízes, militares e membros do Ministério Público disputarem eleições não foi combinada, até agora, com o Senado.

Conforme o portal Metrópoles, os senadores de partidos de centro e de oposição ouvidos pela coluna dizem desconhecer o texto da reforma eleitoral que deve ir à votação no plenário da Câmara na próxima quinta-feira (2).

Apesar disso, de acordo com a coluna de Igor Gadelha, esses parlamentares não preveem tanta resistência na Casa à quarentena. A previsão é de que as críticas à proposta deverão se concentrar no grupo conhecido como “Muda, Senado”.

Com cerca de 15 dos 81 senadores, o bloco tem muitos parlamentares que são entusiastas de uma eventual candidatura em 2022 do ex-juiz Sergio Moro, que seria atingido pelo artigo da quarentena.

Tempo

Mesmo prevendo pouca resistência à quarentena, senadores ponderam que será difícil conseguir aprovar toda a reforma eleitoral, que prevê uma série de outras mudanças, a tempo de ela valer para o pleito de 2022.

Para ser aplicado no pleito do próximo ano, o projeto de lei complementar da reforma precisa ser aprovado na Câmara e no Senado até 2 de outubro, quando faltará um ano para a eleição.

A interlocutores, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), tem evitado emitir opiniões sobre o tema. A quem o pergunta, responde ainda não ter conversado com os senadores sobre o assunto.

Veja também

‘Serão tomadas todas as providências’, diz Aras sobre relatório da CPI da Covid

O procurador-geral da República, Augusto Aras, afirmou neste último domingo (17), em entrevista ao Canal …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!